(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

A Apple pretende ampliar sua rede de fabricação de aparelhos nos Estados Unidos com a inauguração de uma nova central de produção no Estado do Arizona. Segundo um comunicado divulgado pela empresa, aproximadamente 2 mil pessoas vão ser empregadas no local — das quais ao menos 700 vão ocupar “cargos de qualidade”.

“A Apple é indisputadamente uma das companhias mais inovadoras do mundo e estou animado e dar a ela as boas-vindas a Arizona”, declarou o governador Jan Brewer. “A Apple vai ter um impacto econômico incrivelmente positivo e sua decisão de se instalar aqui diz muito sobre o clima amigável e a favor de negócios que criamos nos últimos quatro anos”, complementou.

Além de se comprometer a criar novos empregos, a companhia de Cupertino também prometeu acelerar a implementação de tecnologias “verdes” no estado. “Seu investimento em energia renovável vai tornar nosso sistema mais amigável através da criação de fontes significativas de energia solar e geotérmica”, explica Brewer.

O local, que deve ser usado para produzir componentes para diversos produtos fabricados pela empresa, vai usar fontes de energia consideradas “limpas” a partir de seu primeiro dia de operação. O anúncio faz parte de uma decisão recente da companhia, que pretende trazer grande parte de suas operações no exterior de volta ao solo norte-americano — segundo a Apple, todas as peças da nova versão do Mac Pro vão ser produzidas nos Estados Unidos.

Cupons de desconto TecMundo: