(Fonte da imagem: Reprodução/9to5Mac)

Quando o famoso iWatch — sim, aquele smartwatch da Apple que vive de boatos — chegar ao mercado, uma quantidade considerável de concorrentes já vão estar disponíveis no mercado há algum tempo.  Para que o seu produto tenha um diferencial, a empresa da Maçã espera que a novidade seja bem mais fina do que as alternativas do gênero.

O problema é que colocar todos os recursos de um relógio inteligente em uma carcaça considerável pequena é algo difícil de ser feito. No entanto, uma possível patente da Apple indica que a empresa está procurando uma maneira relativamente simples de fazer com que o seu objetivo seja alcançado.

Algo que ainda não foi confirmado

De acordo com os rumores divulgados pela internet, o iWatch deve utilizar uma espécie de conexão Bluetooth LE constante sempre que estiver ao alcance de um aparelho com recursos de rádio — muito provável que ele seja o iPhone. Com isso, o smartphone vai ser o responsável por conectar o aparelho à internet e interagir possibilitando o envio de notificações.

Por conta disso, a bateria do relógio inteligente da Maçã pode ser menor, assim como toda a estrutura da novidade. Contudo, essas informações ainda não passam de rumores, de modo que não podemos confirmar os reais planos da Apple — apesar disso, a espera está para acabar, já que o aparelho deve ser lançado no próximo ano.

Cupons de desconto TecMundo: