Muitos gamers podem se lembrar que, em 2014, o ex-presidente da Nintendo, Satoru Iwata, fez uma declaração comentando que a empresa já estava produzindo produtos que visavam melhorar a qualidade de vida das pessoas. No mesmo ano, a Big N comentou que o primeiro produto nessa linha iria monitorar o sono dos usuários. Mas, pelo visto, a companhia está pouco a pouco deixando essa ideia de lado.

De acordo com um relatório divulgado pelo blog japonês Asashi e traduzido pelo Kotaku, o atual presidente da Nintendo, Tatsumi Kimishima, disse aos investidores que o primeiro produto “ainda não está no nível de um produto da Nintendo”. “Se pudermos lançar ele, faremos isso, mas se não conseguirmos, nós examinaremos tudo posteriormente”, detalhou o representante máximo da empresa.

Em 2014, Iwata anunciou a saúde dos gamers como um dos grandes pilares da Nintendo para os próximos projetos. “Acreditamos que podemos investir o máximo de nossas forças em um plataforma integrada de negócios que mescle hardware e software, e após isso esse tipo de console dedicado continuará dentro do nosso foco”, escreveu o ex-representante na ocasião.

Primeiro produto da Nintendo na linha "qualidade de vida" visava melhorar a qualidade do sono, mas ainda não há certezas sobre o seu lançamento.

Agora, no entanto, parece que o foco da empresa mudou para o curto prazo. Levando em conta que um novo portátil pode chegar em breve pela Nintendo e as vendas totais do Wii U estão superando e muito as do Xbox One e do PlayStation 4 no Japão, a gigante japonesa pode optar por se distanciar dos seus antigos projetos — pelo menos por enquanto.

Quais foram os melhores jogos de Super Nintendo na sua opinião? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: