Ninguém mais duvida que Journey é uma das maiores provas de que games também podem ser uma obra de arte. Lançado para PlayStation 3 neste ano, o título arrancou elogios de todo mundo devido à sua proposta totalmente diferenciada e ao seu estilo visual diferente dos demais títulos disponíveis no mercado. E a profundidade do jogo da thatgamecompany foi tão grande que ele passou a fazer parte de cerimônias religiosas.

Calma, ninguém decidiu criar uma seita em torno do PS3. O que aconteceu, na verdade, foi que uma igreja britânica trouxe cenas do jogo para a missa como uma forma de aproveitar a experiência proposta para estreitar a ligação entre os fiéis e Deus.

Um dos ministros da Exeter Cathedral afirmou ao site Dealspwn que a ideia é exatamente usar as diferentes formas de expressar sentimentos que os jogos possuem para criar uma sensação diferente em quem visita a igreja. No caso de Journey, a proposta é aproximar as pessoas da fé.

Outro motivo que levou o game a fazer parte da liturgia é a própria jogabilidade. No título, você controla um personagem no meio de um deserto completamente vazio. Cercado apenas pela areia, você deve seguir uma luz sem saber do que se trata, apenas acreditando que tudo estará bem quando você chegar lá — ou seja, a metáfora perfeita para ilustrar a jornada do fiel em busca de Deus.

Fonte: Dealspwn, Family Gamer TV

Cupons de desconto TecMundo: