(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Ocupando espaço central na exibição da Sony na IFA 2013, o Xperia Z1 é o produto de maior destaque apresentado pela empresa este ano. Contando com uma tela com dimensões nada modestas, o aparelho surpreende ao aliar um design atraente e um desempenho invejável.

Tivemos a oportunidade de passar alguns minutos com o smartphone que impresiona tanto por sua tela de 5 polegadas de alta qualidade quanto pelo seu design bastante característico. Note que essas são somente impressões iniciais do aparelho e que muitas de suas características não puderam ser testadas adequadamente no ambiente da feira.

Desempenho e design

O primeiro ponto que chama atenção no Xperia Z1 é seu design bastante característico da marca Sony. Apostando em linhas retas, a companhia desenvolveu um produto sofisticado que transmite uma sensação de durabilidade e resistência ao ser manuseado.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Um dos aspectos no qual o aparelho mais surpreende é em sua acessibilidade. Enquanto em muitos dispostivos (incluindo alguns com displays menores) é praticamente impossível alcançar todos os cantos da tela usando somente um dedo, esse problema não parece existir no gadget.

Outro ponto que chama a atenção é o fato de o Xperia Z1 contar com um botão dedicado exclusivamente à captura de fotografias. Isso se mostra especialmente útil em situações nas quais você está em público e quer registrar rapidamente algum momento, dispensando o trabalho de ter que navegar pelos menus do smartphone até encontrar seu aplicativo de câmera.

Câmera

AR EffectsO grande destaque do Xperia Z1 fica realmente por conta de sua câmera e dos aplicativos integrados desenvolvidos pela Sony. Embora opções como o AR Effects pareçam ter sido adicionados simplesmente como uma mera curiosidade, opções como o Timeshift e o Info-eye se mostram bastante úteis.

No primeiro caso, basta apertar o botão de registro de imagens (digital ou físico) para que o smartphone registre diversas fotos seguidas, permitindo que você guarde aquelas que julgou mais agradáveis. O processo acontece de forma praticamente automática, sem que surja qualquer barra de espera ou aviso de que o aparelho está processando dados.

Outro aplicativo que chama a atenção é o Sweet Panorama, que combina diversas fotografias para criar uma única imagem gigantesca. O resultado final provou-se muito agradável, mesmo que durante o processo de captura você não tenha sido exatamente preciso e tenha tremido um pouco o smartphone.

Timeshift (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)
Infelizmente, o ambiente da IFA 2013 não permitiu que testassemos adequadamente funções como o Social live (que faz o streaming ao vivo de vídeos para o Facebook) e o Info-eye, cuja capacidade de encontrar informações baseadas em textos presentes no ambiente foi prejudicada por um ambiente com uma grande quantidade de informações e por uma conexão WiFi congestionada.

Desempenho

Embora não tenhamos conseguido testar o desempenho do aparelho em diferentes situações, aparentemente ele não tem problemas em lidar com qualquer espécie de conteúdo. A navegação pelos menus e aplicativos básicos do smartphone é praticamente instantânea, não havendo qualquer "engasgo" na transição de uma tarefa para outra.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Utilizando o software de benchmark AnTuTu, submetemos o produto a uma bateria de testes para conseguir ter uma ideia de suas capacidades. O dispositivo marcou impressionantes 29.623 pontos no aplicativo, o que o coloca facilmente à frente de concorrentes como o HTC One e o Samsung Galaxy S4.

Vale notar que os testes foram conduzidos em uma condição de uso que não era a ideal, já que não foi possível configurar quais aplicativos estavam consumindo os recursos do hardware. Caso isso fosse possível, acreditamos que o aparelho teria apresentado um resultado ainda mais positivo.

Grande potencial futuro

Ao menos em um momento inicial, parece que a Sony acertou em cheio com o Xperia Z1. Além de entregar ao público um aparelho com hardware forte e um design atraente, a empresa conseguiu desenvolver aplicativos que realmente se mostram úteis, e não somente meras demonstrações técnicas cuja usabilidade não se aplica a momentos cotidianos.

Resta esperar pelo lançamento oficial do aparelho para podermos testar todas as sua capacidades e recursos em um ambiente mais adequado. Ao menos se depender do que vimos na IFA 2013, as expectativas em relação ao novo smartphone top de linha da companhia japonesa são bastante positivas.

O Tecmundo viajou à IFA 2013 a convite da TP Vision/Philips.

Cupons de desconto TecMundo: