Época eleitoral é um maná para cibercriminosos. Dessa vez, uma mensagem falsa que alerta sobre “a morte” do candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) serve como armadilha para captura de dados pessoais ou instalação de malware. O candidato está internado há mais de 10 dias no hospital Albert Einstein após receber uma facada durante comício em Juiz de Fora (MG).

Segundo o laboratório de segurança da PSafe, dfndr, as mensagens falsas agora trazem um título alarmante — no caso: “Notícia urgente do plantão da globo: direção do hospital Albert Einstein acaba de confirmar a morte de Jair Bolsonaro” — e um link acompanhante que engana o usuário do WhatsApp. Ao bater o olho, a vítima enxerga o link de um site reconhecido; o problema é o link que vem na sequência.

  • Acompanhe na imagem abaixo:

fakeDfndr

Para não cair nesse tipo de golpe, você precisa ficar atento aos links recebidos e ao remetente — não clicar em endereços recebidos de contatos desconhecidos é a máxima. Além disso, se você está com uma dúvida, não insira os seus dados pessoais sem checar com outra pessoa, pode ser amigo ou familiar. Em último caso, procure o site oficial de seu banco/empresa/candidato e entre em contato. Vale notar que é interessante contar com uma ferramenta antivírus em seu smartphone e computador.

Cupons de desconto TecMundo: