Os HDs externos estão se tornando muito populares hoje em dia. Parte disso é pelo preço, que ficou mais acessível, porque os notebooks já superam os desktops em número de vendas e porque o USB 3.0 permite transferências de dados mais rápidas.

A Seagate é uma fabricante tradicional de discos rígidos e apresenta produtos para quase todas as categorias. O modelo testado hoje é o Backup Plus Slim, uma unidade de armazenamento portátil básica com suporte a 1 TB, mas existem versões desse disco com até 2 TB.

Especificações

  • Formato: 2,5”
  • Capacidade: 1 TB
  • Interface: SATA 3.0 /USB 3.0
  • Rotação: 5.400 RPM
  • Expectativa de vida:
  • Cache: 16 MB
  • Peso: 160 g

Design e componentes

Em termos de design, esse disco não oferece nenhum diferencial impactante em relação a outros modelos que já vimos por aí. E isso não é exatamente um ponto negativo. Se por fora ele é bem discreto, por dentro temos um HD formato 2,5” fabricado pela própria Seagate, é claro.

A interface do dispositivo é SATA 3, e o disco roda a 5.400 RPM. Contudo, a velocidade real fica um pouco abaixo disso, já que os dados passam pela interface USB 3.0. Para um disco interno carregando um sistema operacional inteiro, isso seria pouco; mas para um HD externo, é mais que suficiente.

Gerenciando o HD com o Seagate Dashboard

Esse HD externo já traz um software de gerenciamento fornecido pela própria Seagate. Trata-se do Seagate Dashboard, que oferece ferramentas como backup, diagnóstico e acesso ao armazenamento na nuvem.

A interface do programa é limpa e traz os dados organizados de forma bem intuitiva, além de apresentar todas as informações em português.

Backup móvel e do PC

O backup móvel ajuda você a salvar os arquivos do seu dispositivo móvel. Para isso é preciso criar uma conta Seagate — que pode ser feita rapidamente através da interface do programa — e instalar o aplicativo Seagate Backup a partir da loja de aplicativos do seu sistema, que pode ser Android ou iOS.

Em seguida, basta logar no celular e criar um plano de backup. É ele quem vai ditar as diretrizes da cópia de segurança, que pode ser feita através da rede ou para/da a nuvem. Passar os dados pela rede WiFi é bem simples e não exige muito trabalho: é só seguir as instruções na tela. No final, o guia indica o HD externo conectado à máquina, basta pressionar o botão e aguardar o trabalho ser concluído.

A outra modalidade de backup do Seagate Dashboard permite que você faça cópias de segurança do PC. O aplicativo também pede que você crie um plano de backup, que vai incluir todos os arquivos que devem ser copiados. Depois de escolher os itens, você seleciona a unidade de armazenamento e, em seguida, a frequência do backup.

Outras ferramentas

A Seagate também incluiu outras ferramentas um pouco mais curiosas ao software. Uma delas é o backup de fotos de redes sociais (Facebook e Flickr). É uma função útil que pode facilitar a vida caso você tenha muita coisa publicada nessas redes e deseje fazer uma cópia de segurança dos itens.

Além disso, o software também oferece outras aplicações. Na aba de gerenciamento você encontra um botão para controlar as luzes externas do disco, configurações de energia e até mesmo um modo de teste.

Testes de desempenho

Nós realizamos diversos testes com o HD, rodando aplicativos específicos e benchmarks próprios para a medição de desempenho. Para completar, o colocamos ao lado de outros modelos para que seja possível confrontá-los.

Importante: para fins de comparação, utilizamos HDs de tamanho e modelos distintos durante os testes, algo que pode impactar levemente nos resultados. A diferença entre os testes também é relacionada ao tipo de data sendo transferida para a unidade: compressível ou incompressível.

Máquina de testes

  • CPU: Intel Core i7-3930K @ 3.800 MHz;
  • Placa-mãe: EVGA X79 SLI;
  • Memória: 16 GB RAM quad-channel G. Skill Sniper DDR3 2133;
  • Fonte: Corsair AX1500i.

Cópia de arquivo

O teste de cópia de arquivos é o mais simples de todos. Criamos uma pasta dentro do drive e copiamos um arquivo de vídeo de 3,55 GB para ela. Depois, copiamos esse mesmo arquivo para uma segunda pasta, na mesma unidade. Para coletar os dados, utilizamos o aplicativo TeraCopy, que apresenta um relatório detalhado no final do processo e não utiliza dados em cache, o que poderia comprometer o resultado final.

ATTO Disk Benchmark

O ATTO Disk Benchmark é um aplicativo simples que mede a transmissão de arquivos de vários tamanhos diferentes para medir o desempenho do disco. O programa utiliza dados compressíveis e sequenciais, o que garante a velocidade máxima teórica, inclusive com controladoras que utilizam a compressão de dados. É importante lembrar, contudo, que esses resultados não refletem exatamente o uso real do aparelho, já que nem sempre a máquina trabalha com dados sequenciais.

CrystalDiskMark

CrystalDiskMark é um software de testes que trabalha com diferentes modos de transmissão, incluindo a gravação e leitura de arquivos sequenciais e randômicos de tamanhos variados. O software utiliza dados incompressíveis, o que pode resultar em uma queda no desempenho em SSDs com controladores SandForce. Esse tipo de teste reflete resultados mais próximos ao uso do drive no dia a dia. Porém, em um HD tradicional isso não deve causar um impacto muito grande.

HD Tune

O HD Tune mede a velocidade de leitura do drive de duas formas diferentes: primeiro, as velocidades máxima e mínima de transmissão; em seguida, a velocidade média de acesso aos arquivos. O software utiliza dados compressíveis durante o benchmark.

PCMark 8 - Storage

O PCMark 8 é desenvolvido pela Futuremark, empresa especialista em aplicativos de benchmark para várias plataformas. Para medir o desempenho do disco (ou SSD), o PCMark trabalha com uma série de testes diferentes simulando operações de trabalho com aplicativos Adobe e Microsoft, além de games. Desta forma é possível ter uma noção de como a unidade de armazenamento trabalha no dia a dia.

Vale a pena?

Esse HD externo oferece uma série de recursos que o deixam mais interessante que apenas um disco de backup comum. Entre esses itens está o aplicativo Seagate Dashboard, que pode ser muito útil, principalmente para salvar as fotos do seu celular e até mesmo de redes sociais.

Em termos de desempenho ele não oferece mais que a média, mas no geral o Backup Plus Slim consegue reunir uma série de fatores importantes para ser mais eficiente que outros produtos do gênero.

No mercado nacional, ele pode ser encontrado por cerca de R$ 300 para o modelo com 1 TB que testamos. Se você precisa salvar as suas fotos e outros arquivos, esse disco pode ser uma boa alternativa.

Cupons de desconto TecMundo: