Parece que muitas empresas estão preocupadas com a saúde de seus consumidores. Depois de a Nintendo anunciar que estaria trabalhando na área, agora é vez da McLaren comunicar ao mundo que também pretende focar suas tecnologias em produtos de saúde.

Um dos responsáveis por essa entrada em um novo segmento é Geoff McGrath, vice-presidente da McLaren Applied Technologies (Tecnologias Aplicadas da McLaren), que já vem há tempos aplicando as tecnologias da Fórmula 1 em outras áreas.

A McLaren tem tecnologia de ponta capaz de prever como o clima está influenciando um veículo, como deve ser o formato do aerofólio, em que posição o motorista deve permanecer e quão rígida deve ser a suspensão do automóvel. Tudo isso e muito mais é monitorado durante uma corrida, sendo que bilhões de dados são coletados durante uma corrida.

Agora, a empresa quer pegar toda essa capacidade de monitoramento e aplicar à saúde. Apesar disso, McGrath informou, em entrevista ao site The Verge, que a empresa não quer apenas um aparato que diga que a pessoa está passando mal, pois ela já sabe disso. A ideia é criar algo que possa ajudar as pessoas a preverem problemas e a tomarem decisões.

O representante da McLaren comenta que produtos desse tipo devem se adaptar ao modo como será usado, sugerindo que as pessoas não devem ter de aprender a usar as novidades. McGrath não deu informações sobre os produtos que a companhia está preparando, mas revela que a empresa está trabalhando com uma fabricante de produtos famosa.

Vale ressaltar que produtos da McLaren na área da saúde não devem aparecer este ano, mas eles podem surgir no mercado em 2015. É bem provável que os gadgets que trarão as tecnologias da marca de automóveis não terão a logo da McLaren estampada.

De qualquer forma, os consumidores no futuro poderão usar tecnologias provenientes dos automóveis de Fórmula 1 para ter uma qualidade de vida melhor. As apostas dos especialistas sugerem que a McLaren está pensando em criar produtos vestíveis. O que será que vem por aí?

Cupons de desconto TecMundo: