O que é hardware? Entenda tudo o que compõe o seu PC

3 min de leitura
Imagem de: O que é hardware? Entenda tudo o que compõe o seu PC
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Hardware é o nome dado para os componentes que formam um PC. Do processador à memória RAM, até os seus periféricos externos, eles são vitais para o funcionamento da sua máquina, cada qual com uma função em particular.

Hoje o TecMundo explica em detalhes o que é um hardware, como eles compõem um PC, e a diferença em relação ao software. Confira:

O que é um Hardware

O hardware é uma peça eletrônica que junto a outras compõem um PC. Ele é formado por circuitos elétricos e comandado por um sistema operacional e por softwares, que têm uma função como a de cérebro desse componente.

O PC é formado por um conjunto de hardwares internos e externosO PC é formado por um conjunto de hardwares internos e externos.Fonte:  Shutterstock 

Os hardwares podem ser internos ou externos, ou seja, podem ser alocados dentro do gabinete de um computador ou na parte de fora. A grande diferença entre eles é que geralmente as peças que compõem a parte interna de um PC são interligadas diretamente à placa mãe e não são trocadas facilmente e no mesmo período do que os que ficam na parte exterior.

É importante lembrar que outros aparelhos eletrônicos também são compostos de hardwares, como os notebooks e celulares. Estes, por sua vez, também têm componentes parecidos com os de um computador, mas com tamanhos inferiores e capacidades diferentes.

O celular também é composto por diversos hardwaresO celular também é composto de diversos hardwares.Fonte:  Shutterstock 

A evolução dos Hardwares

A evolução dessas peças é algo que merece destaque. Nos anos 90, quando os computadores começaram a ser um item indispensável no dia a dia, muitos desses componentes tinham tamanhos maiores e capacidade inferior aos modelos atuais.

Pegando como exemplo o HD, que é o hardware responsável por armazenar dados e informações de um sistema operacional. Naquela época, os modelos mais utilizados disponibilizavam em média 50 GB de espaço. Hoje, os HDs têm, no mínimo, 500 GB de espaço. Sem falar nos modelos SSDs, que têm uma tecnologia de leitura de dados muito mais rápida.

Os HDs dos anos 90 eram maiores e possuíam menos espaço para armazenamento de dadosOs HDs dos anos 90 eram maiores e tinham menos espaço para armazenamento de dadosFonte:  Shutterstock 

Outro exemplo de dispositivo que evoluiu bastante é o mouse. Nos anos 90, era comum ter um modelo com uma bolinha de borracha que envolvia uma esfera de metal. À medida que ela rolava pela mesa, o cursor na tela reproduzia o movimento.

Hoje em dia, além deste modelo ter sido extinto, muitos mouses contam com conexão wireless (sem fio), e velocidades muito superiores em relação à época. Isso sem falar nos leds RGBs que permite personalizá-los com as cores que você preferir.

Hoje em dia os mouses possuem velocidades superiores além de leds e botões lateraisHoje os mouses apresentam velocidades superiores, além de leds e botões laterais.Fonte:  Shutterstock 

Os principais hardwares de um PC

Os principais dispositivos internos para o funcionamento de um PC são:

  • processador (CPU);
  • placa-mãe;
  • fonte de energia;
  • HD (ou SSD);
  • memória RAM;
  • placa de vídeo (GPU).

Já os principais componentes externos de um PC, também chamados de periféricos, são:

  • monitor;
  • teclado;
  • mouse;
  • webcam;
  • fone de ouvido ou headset.

O que é Software

O software é a parte digital do PC, ou seja, é um conjunto de instruções dadas ao hardware para ele funcionar corretamente. Ele pode variar desde um sistema operacional, como o Windows que faz todo o computador funcionar, por exemplo.

Sendo assim, podemos dizer que o software vive em conjunto com o hardware, sendo ele o responsável por controlar o dispositivo. Por exemplo, uma placa de vídeo não tem nenhuma relevância se não tiver um programa que rode através dela, seja um jogo ou um filme exibido no PC.

A placa de vídeo é um exemplo de um hardware que necessita de um software para o seu funcionamentoA placa de vídeo é um exemplo de um hardware que necessita de um software para o seu funcionamento.Fonte:  Shutterstock 

Com o software também é possível alterar o funcionamento de alguns componentes do PC. Com um determinado programa, é possível aumentar a velocidade do cursor do seu mouse, por exemplo, para torná-lo mais ágil e sensível em um jogo FPS —  no qual é vital ser rápido com a mira controlada pelo dispositivo.

Também com um software podemos aumentar a velocidade de um processador, realizando o procedimento chamado de overclock. Nele, o software faz alterações diretas no processador, fazendo com que opere em uma velocidade mais alta que a especificada pelo fabricante e tenha um desempenho ainda maior.

O procedimento de overclock é todo feito através de um software que faz alterações no funcionamento normal do processadorO procedimento de overclock é todo feito através de um software que faz alterações no funcionamento normal do processador.Fonte:  Shutterstock 

Agora que você já sabe o que é hardware e a diferença em relação aos softwares, caso queira montar o seu próximo PC, temos um tutorial que explica o passo a passo do procedimento.

Ficou com alguma dúvida? Conte para a gente aqui nos comentários.