Windows 11 agora roda no Mac com o Parallels Desktop 17

1 min de leitura
Imagem de: Windows 11 agora roda no Mac com o Parallels Desktop 17
Imagem: Bullfrag/Reprodução
Avatar do autor

O software de virtualização Parallels Desktop 17 permitirá que donos de Mac usem o Windows 11. Segundo a empresa, o suporte para o novo sistema operacional da Microsoft chegará para parte dos computadores da Apple, incluindo os modelos sem Boot Camp.

Lançada nesta terça-feira (10), a nova versão do programa será compatível com máquinas com processadores Intel e M1. Assim como nas edições anteriores, o SO é executado a partir de uma janela de programa.

Programa permite executar o Windows 11 no Mac e se beneficiar dos recursos do SO.Programa permite executar o Windows 11 no Mac e se beneficiar dos recursos do SO.Fonte:  Beta News/Reprodução 

O suporte ao M1, processador baseado em ARM, é uma grande conquista e revela o poder do primeiro chip da Apple. Para mais, o Parallels Desktop 17 permite que o usuário se beneficie de várias funcionalidades das duas plataformas.

O driver de vídeo do M1 aprimora a resposta da interface e a experiência em jogos para o sistema da Microsoft. Enquanto isso, a virtualização possibilita usar o modo de economia de bateria do SO, como se ele estivesse rodando no hardware nativo.

Os usuários do processador da Apple ainda terão mais algumas vantagens com o Parallels Desktop 17. Segundo a empresa, o programa trará 20% de melhorias de desempenho e uma inicialização segura por um TPM virtualizado.

Usuários já podem adquirir as licenças para o uso do Parallels Desktop 17.Usuários já podem adquirir as licenças para o uso do Parallels Desktop 17.Fonte:  Parallels/Divulgação 

Preços do Parallels Desktop 17

O Parallels Desktop 17 está disponível para os donos de Mac através de uma assinatura básica anual de US$ 79,99 (cerca de R$ 416 na atual conversão). Com recursos extras, há planos Pro e Business no valor de US$ 99,99 ao ano (R$ 520).

A plataforma também oferece a opção de adquirir uma licença vitalícia por US$ 99,99. Caso a pessoa tenha o passe da edição anterior do software, é possível fazer uma atualização para a nova versão por US$ 49,99 (R$ 260).