A Voyage, uma startup norte-americana envolvida com o desenvolvimento de uma tecnologia de direção autônoma, resolveu levar o benefício do carro sem motorista para um dos públicos que talvez mais vá aproveitar isso: os idosos.

Isso porque a empresa foi até o Village Golf and Country Club, uma comunidade de aposentados em San Jose, na California, que conta com cerca de 4 mil habitantes com idade média de 76 anos, para entender como essas pessoas vão interagir com essa nova tecnologia.

Ford Fusion

Com dois Ford Fusion, a ideia é que as pessoas utilizem os veículos para se deslocar em uma trecho de aproximadamente cinco quilômetros. A ideia é que, no futuro, é permitir que os residentes usem o carro para serviços de entrega também.

Além do público, a Voyage argumenta que o local é bastante propício para verificar a eficácia da tecnologia, visto que a velocidade máxima é baixa, em torno de 40 km/h, e conta com ruas que colocam a direção à prova em diversos cenários diferentes, com cruzamentos, rotatórias, pedestres, animais e muito mais – mas tudo de uma forma bem mais controlada que em grandes ambientes urbanos.