Imagem de: Comunidade de aposentados se torna campo de testes para veículos autônomos

Comunidade de aposentados se torna campo de testes para veículos autônomos

1 min de leitura
Avatar do autor

A Voyage, uma startup norte-americana envolvida com o desenvolvimento de uma tecnologia de direção autônoma, resolveu levar o benefício do carro sem motorista para um dos públicos que talvez mais vá aproveitar isso: os idosos.

Isso porque a empresa foi até o Village Golf and Country Club, uma comunidade de aposentados em San Jose, na California, que conta com cerca de 4 mil habitantes com idade média de 76 anos, para entender como essas pessoas vão interagir com essa nova tecnologia.

Ford Fusion

Com dois Ford Fusion, a ideia é que as pessoas utilizem os veículos para se deslocar em uma trecho de aproximadamente cinco quilômetros. A ideia é que, no futuro, é permitir que os residentes usem o carro para serviços de entrega também.

Além do público, a Voyage argumenta que o local é bastante propício para verificar a eficácia da tecnologia, visto que a velocidade máxima é baixa, em torno de 40 km/h, e conta com ruas que colocam a direção à prova em diversos cenários diferentes, com cruzamentos, rotatórias, pedestres, animais e muito mais – mas tudo de uma forma bem mais controlada que em grandes ambientes urbanos.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Comunidade de aposentados se torna campo de testes para veículos autônomos