(Fonte da imagem: Tecmundo)

Durante evento realizado hoje (21), em São Paulo, o ator Luigi Baricelli iniciou a coletiva de imprensa bem equipado: subiu ao palco com uma bicicleta dobrável muito “estilosa” e produzida em Taiwan. E essas são características dos produtos das 37 marcas selecionadas para a mostra Vitrine Taiwan Excellence, que pode ser conferida entre os dias 21 e 25 de agosto, no Shopping Eldorado, em São Paulo.

A exposição já passou pela Índia e pela Inglaterra e, depois do Brasil, seguirá para Rússia e México. Nas palavras do diretor do Taiwan External Trade Development Council (TAITRA), Krist Yi Bin Yen, essa vitrine tem o objetivo de promover a imagem dos produtos fabricados em Taiwan, fomentando a indústria e fazendo com que o mundo se torne consciente da qualidade dos itens que vêm de lá.

Bicicletas dobráveis também são destaque na Vitrine Taiwan Excellence (Fonte da imagem: Tecmundo)

Todos os produtos exibidos são vencedores do concurso Taiwan Excellence Awards, que foi criado em 1993 e julga os concorrentes de acordo com quatro fatores específicos: Pesquisa e Desenvolvimento, design, qualidade e marketing. Com isso, os visitantes encontrarão desde lançamentos de smartphones e computadores, até roupas produzidas a partir da reciclagem de garrafas PET.

Entre as marcas participantes da Vitrine Taiwan Excellence estão muitas famosas do mercado tecnológico, como HTC, ASUS, Acer e D-Link. Também é possível encontrar algumas curiosidades, como roteadores 3G/4G que cabem na palma da mão.

Relação Taiwan x Brasil

O Brasil é o 22º maior parceiro comercial de Taiwan. Para ter uma ideia do que isso significa, saiba que, em 2012, as importações movimentaram US$ 3,5 bilhões (cerca de R$ 8,5 bilhões) entre os países. Como bem ressalta Krist Yi Bin Yen, o valor pode ser baixo se comparado, por exemplo, com as importações entre Brasil e Estados Unidos. Porém, há de se levar em conta as dimensões geográficas de Taiwan e sua população.

HTC One S e HTC One X são exemplos de produtos produzidos em Taiwan (Fonte da imagem: Tecmundo)

Além disso, Taiwan enfrenta uma grande dificuldade: não é reconhecido como país pelo Brasil. Isso complica o acesso de turistas e empresários: em vez de visto, por exemplo, os visitantes precisam de um documento conhecido como Laissez-Passer, expedido em casos como esse.

Em contrapartida, cidadãos de Taiwan têm livre acesso aos Estados Unidos, Europa, Cuba e Israel, sendo que, nesse último, os taiwaneses podem ficar até seis meses sem a necessidade de visto.

Menor roteador 3G/4G portátil do mercado (Fonte da imagem: Tecmundo)

Oficina de arte em papel

Quem preferir uma atividade mais dinâmica do que a simples visita à exposição pode se inscrever na oficina de arte em papel corrugado que acontece durante todo o período do evento, sempre das 18h às 20h.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Esse tipo de arte faz parte da cultura de Taiwan desde o século 6 d.C. e possui métodos próprios e nada simples de corte e dobra do papel. A oficina é gratuita e monitorada por instrutores especializados do país.

Cupons de desconto TecMundo: