A temperatura é sempre alta, acima dos 28 graus. Apesar de nublada, a cidade mantém um clima abafado e isso pode ser sentido na pele nas ruas apertadas dos bairros especializados no comércio de produtos eletrônicos. Estamos falando de Taipei, capital de Taiwan, e cidade-sede da Computex 2012, a segunda maior feira de eletrônicos do mundo.

Longe do edifícios modernos, como o Taipei 101, o que se vê é uma gigantesca feira a céu aberto, com eletrônicos para todos os gostos e bolsos, Wi-Fi aberta na maior parte da cidade e shoppings inteiros abarrotados de compradores e gadgets que fazem lugares como o Paraguai ficar no chinelo.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Sempre um bom negócio

Se um produto foi lançado por uma empresa asiática, certamente o primeiro lugar em que ele vai chegar é por aqui. Smartphones, ultrabooks, notebooks e o que mais você puder imaginar estão disponíveis em lojas de shopping, divididas por marcas, ou até mesmo em bancas de feira de rua. 

E acredite: os vendedores estão sempre dispostos a fazer um bom negócio. Um MacBook Pro, de 13 polegadas, pode ser encontrado pelo mesmo preço dos Estados Unidos, cerca de US$ 1,2 mil (o equivalente a R$ 2,4 mil, sem impostos). Entretanto, na negociação você pode levar para casa, sem pagar nada mais por isso, um upgrade que faça seu notebook saltar de 4 GB para 16 GB.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

O smartphone Samsung Galaxy S3, recém-lançado, pode ser encontrado nas lojas por cerca de US$ 700 (o equivalente a R$ 1,4 mil, sem impostos). Se não há desconto no preço, o consumidor leva para casa, de brinde, uma bateria extra e um dock para o aparelho.

Soluções para tudo

Seu celular estragou ou está com o vidro riscado? Certamente em um dos shoppings você vai encontrar a peça de reposição, e o conserto é feito na hora. A parte traseira de um iPhone 4S pode ser substituída em questão de minutos e, se no Brasil o serviço custaria mais de R$ 200, por aqui você não vai gastar mais do que US$ 15 (o equivalente a R$ 30).

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

A incompatibilidade entre formatos também faz com que as pequenas empresas encontrem um mercado promissor. Adaptadores universais e leitores de todos os tipos de cartão fazem a festa de quem procura soluções mais fáceis, mas às vezes esbarram em medidas protecionistas das grandes marcas para com os seus produtos.

Com fábricas de produtos sediadas na cidade e mão de obra abundante para a montagem de equipamentos, o resultado é um país que tem boa parte de sua economia baseada nos eletrônicos. Os consumidores agradecem e o resultado é um ciclo sem fim. Em Taipei, anormal é não encontrar alguém carregando um gadget qualquer ou uma sacola de compras.

Se você está pensando em dar um pulo na Ásia para conhecer a cidade, é importante preparar o bolso e o seu corpo. As passagens aéreas de ida e volta para Taipei, com saída de São Paulo, custam em torno de R$ 5 mil e a viagem leva pelo menos 36 horas. Ou seja, se prepare para passar quatro dias (dois na ida e dois na volta) dentro de um avião.

 

 

Cupons de desconto TecMundo: