(Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

A Sony apresentou um visor digital que é acoplado à cabeça do médico e pode ser usado durante cirurgias feitas com o apoio de microcâmeras. O equipamento é um incremento em um método já muito avançado, que permite ações mais pontuais do médico, como cirurgias internas, sem deixar grandes cicatrizes.

Ele conta com duas telas de OLED que exibem conteúdo em 3D e em alta definição. Assim, o médico tem uma imagem nítida e de alta qualidade daquilo que é capturado pela câmera bem diante de seus olhos, eliminando o movimento de mexer no paciente tendo que desviar seu olhar para um monitor.

As telas são posicionadas na direção frontal do olhar do médico, mantendo um espaço vazio na parte debaixo. Assim, mirando o olhar nessa direção, é possível ao profissional ver o paciente, o local onde está sendo mexido e também as suas próprias mãos, tudo a olho nu.

O aparelho ainda conta com um sistema de manipulação de imagem que permite rotacioná-la para melhor compreensão do objeto filmado. A Sony afirmou que o aparelho foi aprovado para uso médico no Japão, o que deve acontecer já a partir de 1 de agosto. Na Europa e nos Estados Unidos a autorização para uso profissional já está encaminhada. Cada aparelho desse custa US$ 15 mil.

Cupons de desconto TecMundo: