Aparelhos 4G sofrem mais com malwares (Fonte da imagem: Reprodução/AppleGoss)

A Alcatel-Lucent divulgou na última quarta-feira os resultados do seu mais recente relatório de infecção por malware de aparelhos móveis ao redor do mundo. De acordo com a consultoria, em 2013 a quantidade de aparelhos infectados por meio desse tipo de ameaça aumentou 20%. Grande parte desse novo número é devida aos dispositivos com conexão 4G, que lideraram o ritmo de infecção no último ano. A consultoria não chega a especificar exatamente a quantidade de aparelhos 4G que sofreram com o problema.

Outro dado alarmante, porém já esperado, é a quantidade de aparelhos Android infectados por malwares. A empresa afirma que 60% dos dispositivos mobile infectados em 2013 rodam o sistema operacional da Google. Ainda assim, entre os principais meios de infecção não estão a navegação web — como nos desktops — ou cliques em anúncios de apps, mas sim a transferência de arquivos quando os aparelhos estão conectados a um PC Windows.

Além disso, o download de apps fora da Google Play também é apontado como grande causa dos danos. Dispositivos com iOS e Blackberry OS representaram cerca de 1% dos ataques. Ao todo, é estimado que algo em torno de 11,6 milhões de dispositivos foram infectados no ano que passou.

Cupons de desconto TecMundo: