Com tablets e smartphones nas mãos desde cedo, as crianças cada vez mais assumem papel importante na internet e no uso de tecnologias. Tanto que a Rede Snack, multiplataforma brasileira de social video, organizou um ranking com os dez canais mais vistos pelas crianças no YouTube e também os mais influentes.

A pesquisa foi realizada em outubro pela área de tendência da empresa, a Snack Intelligence, que é responsável pelo monitoramento e análises do mercado de audiovisual digital, com métricas de engajamento, views, número de inscritos, frequência de publicação, atividade do canal, entre outros itens. Para computar a pontuação dos mais influentes (Influencer Score – IS), a empresa levou em consideração o alcance, a frequência de postagem e a capacidade de influenciar a audiência. O ranking dos mais assistidos foi construído com base no número de visualizações de cada canal.

Para a gerente de tecnologia de Rede Marista de Colégios, Caroline Serqueira, isso é um reflexo da
onipresença da internet na infância. Um relatório realizado pela Unicef aponta que a cada três usuários
de internet, um é uma criança. “A busca e a oferta de dados está cada vez maior, conferindo jeitos
novos de se relacionar no mundo e com o mundo. As crianças não precisam mais esperar para assistir
um desenho ou filme, elas escolhem o que assistir quando querem. O acesso facilitado aos dispositivos
móveis, tablets e smartfones é a melhor explicação para o consumo e sucesso dos vídeos”, explica. O
canal que liderou a lista dos mais vistos tem 9,8 bilhões de visualizações, por exemplo.

Ela, que também é pedagoga, alerta que é preciso também acompanhamento e diálogo por parte dos pais. “Sem dúvidas existem muitos conteúdos que podem contribuir para o desenvolvimento das crianças, mas nada é mais garantido que o acompanhamento da família. É preciso conhecer os canais que as crianças consomem, impor limites, regras e também garantir que tenham outras atividades fora do mundo digital”.

Caroline conta que é comum hoje em dia que as próprias crianças desejem se tornar youtubers e já ensaiam seus próprios vídeos. “As abordagens realizadas pelos youtubers exercem uma grande influência nas crianças, que se espelham nestes influencers e passam a assumir atitudes e posturas similares as deles, o que pede cautela por parte dos pais”. Sobre isso, Vitor Knijnij, um dos fundadores da Rede Snack, comenta em nota: “é importante notar que na lista de mais vistos e na lista de mais influentes tem alguns nomes coincidentes, mas não na mesma posição. Ou seja, a influência não é uma razão direta do número de visualizações”, disse.

Confira a lista dos canais mais acessados e dos maiores influenciadores:

Os canais mais vistos:

1. Canal Galinha Pintadinha – 9,8 bilhões de visualizações

2. Turma da Mônica - 7,1 bilhões

3. rezendeevil - 6,9 bilhões

4. AuthenticGames - 6,2 bilhões

5. TotoyKids - 6,1 bilhões

6. Felipe Neto - 4,8 bilhões

7. Luccas Neto - 4,6 bilhões

8. TazerCraft - 3,7 bilhões

9. Erlania e Valentina - 3,2 bilhões

10. Paulinho e Toquinho - 2,8 bilhões

Influencer Score

1. Felipe Neto - 1.042

2. Luccas Neto - 959

3. rezendeevil - 947

4. Irmãos Neto - 923

5. Camila Loures - 909

6. Enaldinho - 908

7. AuthenticGames - 902

8. Flavia Calina - 886

9. Planeta das Gêmeas - 882

10. KidsFun-880