Recentemente, surgiram alguns relatos de que o Google Chrome estaria fazendo com que as baterias de notebooks durassem menos — isso em aparelhos que utilizam o sistema operacional Windows. Agora, a própria empresa admite a falha no código do navegador e anuncia que uma atualização será lançada em breve para acabar com qualquer problema relacionado a isso. Ou seja... O Google Chrome vai parar de sugar energia do seu PC.

O grande problema encontrado no navegador da Google está em alguns parâmetros localizados no código dele. Em diversos momentos, o Chrome faz com que o processador seja ativado com muito mais potência do que o necessário. Isso resulta em uma utilização excessiva dos recursos do computador e pode fazer até mesmo com que as páginas fiquem em constante atividade em segundo plano, mesmo quando estão ociosas.

Para o site PC World, a Google confirmou que isso já foi compreendido pelos desenvolvedores e que um engenheiro de software da equipe Chrome já está designado para encontrar a solução necessária. A atualização já estará disponível no lançamento da próxima versão do Chrome 37 Beta e, caso não apresente mais problemas, depois será lançada para a edição estável do software.

Cupons de desconto TecMundo: