Computação gráfica do Dust Ball fazendo a limpeza em aeroporto

Fonte da imagem: Dave Hakkens

Aspiradores de pó não são os eletrodomésticos mais inovadores que existem, mas sempre há espaço para a criatividade e a tecnologia. Depois de vários modelos autônomos com a mesma aparência de discos achatados, o designer holandês Dave Hakkens decidiu tentar algo bem diferente.

O “Dust Ball” (bola de poeira) é um conceito inspirado no formato da mesma sujeira que ele pretende eliminar. O equipamento rola por todos os cantos de um ambiente, sugando a sujeira a partir do mesmo motor que o impulsiona.

A camada externa serve apenas para amenizar impactos e facilitar o surgimento da pressão negativa necessária para um aspirador, enquanto o mecanismo – disposto em um globo central que gira em dois eixos – fica protegido. Assim, se o “Dust Ball” atravessar o seu caminho, basta chutá-lo para longe, sem correr riscos de machucar o pé ou estragar o equipamento.

A movimentação do globo aspirador é feita através do deslocamento das massas existentes no globo interno: motor, eletrônicos, bateria e o compartimento para a sujeira.

Depois de cheio, o aparelho volta sozinho para a base de recarga, mas Hakkens não explica como se esvazia o depósito de poeira.