Imagem de: MIT cria material que repele líquidos com eficiência e pode ajudar aviação
Fonte: kentcollegesearch

MIT cria material que repele líquidos com eficiência e pode ajudar aviação

1 min de leitura
Avatar do autor

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) desenvolveu um material capaz de repelir líquidos com mais eficiência que a maioria das superfícies comuns. A pesquisa começou há 6 anos.

Naquela época, os cientistas chegaram à conclusão de que minúsculos sulcos sobre uma superfície, quase imperceptíveis aos nossos olhos, podiam ajudar a fragmentar a forma e a simetria de uma gota de água ao recuar de um impacto. Isso aumenta a velocidade com que o líquido se afasta da superfície e reduz o tempo de contato entre os dois em cerca de 40%.

A descoberta é especialmente útil em casos em que líquidos se chocam com frequência contra grandes estruturas, como acontece entre a chuva e as asas dos aviões ou hélices de turbinas eólicas. Com a ação do vento, essas superfícies tendem a ficar muito frias. Quando as gotas de chuva entram em contato com elas, resfriam e congelam rapidamente. E o gelo acumulado nas asas de um avião pode representar sério risco à sua estabilidade.

Como o MIT aperfeiçoou o método

(Fonte: MIT News/Reprodução)

Sabemos que, quando a água se choca contra uma superfície, ela se espalha ao máximo antes de se retrair. Por isso, os pesquisadores tiveram a ideia de usar sulcos ligeiramente côncavos. Dessa forma, as gotas tendem a se espalhar somente até as bordas dos sulcos antes de serem repelidas. O formato côncavo dos sulcos faz com que esse tempo de retração da gota d’água seja minimizado ainda mais.

É claro que a eficiência dessa estrutura vai depender do tamanho das gotas de água às quais ela é submetida. Mas, de maneira geral, ela funciona melhor do que uma superfície sem os sulcos.

Por fim, a invenção pode vir a ser útil não apenas para reduzir o acúmulo de gelo nos aviões ou nas hélices de turbinas eólicas, mas também no revestimento de materiais impermeáveis.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
MIT cria material que repele líquidos com eficiência e pode ajudar aviação