Alguns podem não acreditar, mas para muitos uma das características mais importantes em um smartphone é a câmera. Não importa se a pessoa gosta de tirar fotos de paisagens, comidas, pessoas ou apenas selfies: para poder escolher o aparelho correto, é essencial entender bem esse assunto para não errar na hora da compra.

Nesta matéria, vamos esclarecer algumas dúvidas a respeito das especificações técnicas de câmera de celular que todos deveriam conhecer. Vamos abordar assuntos como megapixel, abertura, ISO, velocidade do obturador, sensor (tamanho e tipo), estabilização de imagem, HDR, siglas (HD, Full HD e 4K), formato RAW, lentes e foco. Você conhece mais algum termo que gostaria que explicássemos? Diz aí no campo dos comentários!

Megapixels

Essa é a especificação mais conhecida e mal interpretada entre todos os aspectos técnicos de uma câmera. O número utilizado para representar os megapixels reflete a quantidade de pixels que a imagem que foi capturada vai ter.

Um megapixel é igual a um milhão de pixels. Portanto, 20 megapixels é o mesmo que 20 milhões de pixels. De um modo geral, quanto mais megapixels, melhor tende a ser o resultado final. Assim, é possível dar zoom ou recortar uma imagem sem comprometer muito a qualidade da foto.

Porém, é perfeitamente possível ter uma foto melhor de uma câmera de 12 megapixels do que uma produzida por uma câmera de 20 megapixels. Isso acontece porque há outros aspectos (que veremos a seguir) que determinam a qualidade final da imagem.

Abertura

A abertura faz referência à quantidade de luz que a lente deixa entrar. Essa medida é expressada pela letra F e, quanto menor o seu valor, mais luz entra. A abertura também faz variar a profundidade de campo, possibilitando desfocar o fundo da imagem. Nesse caso, quanto menor a abertura, melhor.

ISO

Essa medida faz referência a quão sensível uma câmera é à luz disponível. Quando maior o número ISO, maior é a sensibilidade. Porém, um ISO alto resulta em ruído nas fotos, o que produz aquele efeito granulado. No geral, um ISO baixo é o ideal, mas isso depende muito da quantidade de luz disponível na cena.

Velocidade do obturador

A velocidade do obturador define quanto tempo a câmera mantém a lente aberta para registrar uma foto. Quanto maior o tempo que o obturador se mantém aberto, maior é a quantidade de luz que entra. Porém, isso também torna a câmera mais vulnerável a tremidas e borrados.

Em action cams, nas quais a velocidade de captura é importante, uma velocidade do obturador alta é o ideal. Em fotos noturnas de objetos parados, uma exposição mais longa vai produzir resultados melhores.

Tamanho do sensor

O sensor de uma câmera é o componente responsável por capturar a imagem. Quanto maior o sensor, melhor tende a ser a foto capturada. É por causa dele que muitos celulares têm a câmera saltada.

Também é importante saber que há dois tipos de sensores: CCD e CMOS. Smartphones mais modernos usam sensores CMOS, que são mais caros e complexos. Além disso, os sensores podem ser fabricados por empresas diferentes, como Samsung, Sony ou OmniVision.

Estabilização de imagem

A estabilização de imagem pode ser óptica ou eletrônica. A óptica, mais avançada e cara, coloca o sensor dentro de um conjunto que compensa os movimentos do celular. A eletrônica tenta corrigir a imagem com ajustes na velocidade do obturador. Portanto, um smartphone com estabilização óptica de imagem é melhor do que um sem.

HDR

A presença do HDR, ou grande alcance dinâmico, ajuda a registrar imagens com intensidades de luz diferentes. Quando ativado, a câmera captura imagens com exposições diferentes da mesma cena e combina as fotos para criar a imagem certa. Esse recurso está presente em muitos celulares, especialmente os mais modernos, podendo ter nomes diferentes.

HD, Full HD e 4K

HD, Full HD e 4K são medidas de resolução, mas são usadas para descrever as capacidades de gravar vídeos. Assim como no caso dos megapixels, uma das vantagens em altas resoluções é a capacidade de dar zoom sem perder muita resolução. Porém, o ponto negativo é o espaço ocupado pelos arquivos de vídeo, que aumenta de acordo com a resolução.

  • HD = 1280x720 pixels
  • Full HD =1920x1080 pixels
  • Ultra HD (4K) = 3840x2160 pixels

Formato RAW

A maioria dos celulares salva as imagens em JPEG, mas alguns já suportam o formato RAW. Esse formato registra tudo o que o sensor vê, sendo ideal para fotógrafos profissionais. Imagens JPEG são otimizadas e comprimidas para ocupar menos espaço. O RAW também consegue identificar mais níveis de brilho, mas ocupa mais espaço.

Lentes

Apesar de ser um aspecto pouco divulgado pelas fabricantes, é bom saber se o aparelho possui um bom conjunto de lentes. Algumas empresas já informam detalhes como a quantidade e o tipo de lente utilizada na câmera. Por isso, é bom ficar ligado.

Foco

Para focalizar um objeto, as câmeras de celulares se apoiam em dois métodos: o foco por contraste e o foco laser. A detecção de contraste geralmente é mais lenta e menos precisa. Já o foco laser é mais rápido e produz fotos com maior nitidez.

.....

Essas são as principais especificações de câmera que você deve analisar ao escolher um celular. Já conhecia todas elas? Gostaria de sugerir mais algum aspecto a ser considerado? Deixe a sua opinião no campo dos comentários!

Você conhece bem todas as especificações técnicas de uma câmera de celular? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: