Hackers provocaram paralisação em gasodutos e oleodutos. (Fonte da imagem: Reprodução/WSJ Live)

Hackers iranianos apoiados pelo governo do país asiático realizaram novos ataques contra os EUA. Desta vez, o grupo mirou em empresas de energia norte-americanas, provocando problemas em gasodutos e oleodutos. De acordo com funcionários do governo americano, os ataques mostraram a natureza hostil do grupo, que pode ter relação com a invasão de sites de veículos de comunicação dos EUA há algumas semanas.

Com isso, o The Wall Street Journal classificou a atividade iraniana contra os EUA como mais preocupante que os ataques de hackers chineses, que estão empenhados principalmente no roubo de propriedade intelectual e espionagem. Os criminosos apoiados pelo Irã, entretanto, mostram que pretendem sabotar setores fundamentais para os EUA, até causando grandes acidentes.

Fora isso, os oficiais norte-americanos disseram que, com essa campanha cibernética, o Irã poderá provocar algum tipo de represália por parte dos Estados Unidos. Os detalhes de uma possível resposta, entretanto, não foram especificados.

Cupons de desconto TecMundo: