(Fonte da imagem: Reprodução/Perfil do LulzSec no Twitter)

Tempos atrás, algumas das maiores empresas do mundo foram vítimas de ataques virtuais, e nos mais diversos campos de atuação. Isso ficou marcado como um dos períodos mais ativos dos hackers ligados ao Anonymous e ao LulzSec. Mas nem todos passaram ilesos pelo caso, pois muitas prisões aconteceram. Agora, mais quatro hackers foram condenados por seus crimes virtuais.

Viral, Kayla, Topiary e T-Flow (todos codinomes utilizados pelos hackers) faziam parte do LulzSec e foram condenados à prisão no Reino Unido. As sentenças variam entre um e três anos. Entre as principais acusações movidas contra eles, podemos citar uma pequena lista de empresas que teriam sofrido danos por causa de ataques de negação de serviço: Sony, Fox, Nintendo, CIA e vários outros sites governamentais britânicos.

Todos os ataques aconteceram entre os anos de 2011 e 2012, mas somente agora eles foram levados ao tribunal do Reino Unido. Apesar de as sentenças serem referentes a até três anos de detenção, é possível que todos saiam da cadeia após cumprimento de metade do período. 

Cupons de desconto TecMundo: