(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

A Apple enfrenta no estado norte-americano de Massachusetts um processo diferente: em vez das brigas eternas sobre patentes com a Samsung, dessa vez o adversário judicial é o próprio consumidor. Adam Christensen, Jeffrey Scolnick e William Farrell entraram com uma ação contra a Maçã por roubo e venda de dados pessoais.

De acordo com o processo, eles foram obrigados a fornecer o zip code (código postal equivalente ao nosso CEP) enquanto adquiriam produtos da empresa com cartão de crédito. Para começar, o ato de pedir mais informações pessoais além das necessárias para efetuar a compra é uma violação do Massachussetts Unfair Trade Practices Act.

Além disso, fornecer esses dados teria levado o trio a "receber materiais de marketing da Apple" (leia-se: spam) e de outros parceiros, o que indica que a empresa vendeu as informações para outras companhias, infringindo ainda mais leis.

O processo fala em uma punição de US$ 75 por violação, além do pagamento de outras taxas e a garantia de que a Apple não coletará mais os zip codes dos clientes. Por enquanto, a empresa não se manifestou sobre o assunto.

Cupons de desconto TecMundo: