O cofundador da Apple, Steve Wozniak, desabafou contra a ex-companhia durante uma sessão de perguntas e respostas realizada no Reddit. Parceiro de Steve Jobs durante a fundação da companhia, "Woz" se afastou aos poucos do antigo trabalho e virou um grande crítico e conselheiro construtivo dos atuais rumos tomados pela marca.

Sempre bastante honesto e com um senso de humor bem peculiar, ele falou sobre diversos assuntos, incluindo política. Mas o que mais chamou a atenção foi a crítica direta ao Apple Watch, o relógio inteligente da Maçã que não foi bem recebido pelo executivo.

"Eu estou um pouco preocupado. Quer dizer, eu amo meu Apple Watch, mas ele nos levou a um mercado de joias onde você compra um relógio entre US$ 500 e US$ 1,1 mil baseado no quão importante você acha que é como pessoa. A única diferença é a pulseira em todos aqueles relógios. Vinte relógios de US$ 500 a US$ 1,1 mil, e a pulseira é a única diferença? Bom, essa não é a companhia que a Apple era originalmente, ou a empresa que mudou bastante este mundo. Ele pode estar mudando, mas você precisa acompanhar, sabe. Tem que seguir os caminhos onde os mercados estão", disse.

Ele também elogiou (um pouco)

Vale lembrar que Woz é dono de um Apple Watch, a versão com pulseira de aço inoxidável com pulseira magnética. Por isso, ele também tem alguns elogios a fazer. "Ele faz algumas coisas incríveis com o Apple Pay, reservando bilhetes em aviões e todos os comandos da Siri que funcionam. Mas eu queria que os alto-falantes fossem mais altos", completou.

Tim Cook

Sobre o atual CEO, Woz deixa as alfinetadas de lado ("Tirando tudo isso, aprovo muito o Tim Cook") e é só elogios. "Ele tem conhecimento de que os funcionários e os consumidores da Apple são pessoas de verdade. Ele está continuando a tradição forte, pela qual Steve Jobs era conhecido, de fazer bons produtos que ajudam pessoas a fazer coisas que elas querem na vida, e não levá-las em estradas como 'Oh, vamos fazer nosso dinheiro conhecendo você e enviando anúncios'. E, como eu comecei como um cara do hardware, fico feliz em ver isso", disse.

Apesar das críticas, Woz está feliz com a condução da empresa por Tim Cook

iOS

"Toda vez que temos uma nova atualização do iOS, fico feliz que ele faz coisas que realmente afetam as pessoas. Como transferir chamadas do telefone para o computador e tal. Adoro até mesmo o Airplay e aquilo tudo. Então, eu amo o software, amo o hardware e nada me desanima. Aprovo fortemente Tim Cook e a nova Apple. Eu sinto muito a falta de Steve Jobs também, mas isso é tudo."

Apple contra o FBI

Sobre a possibilidade de a Apple invadir a privacidade de usuários no futuro, ele está "do lado das liberdades pessoais". Segundo ele, "toda a essência do ser" está nos segredos e nas coisas privadas que guardamos ou que falamos com as pessoas mais próximas de nós". Sobre a instalação de um backdoor, ele foi direto: "Eu fico meio arrepiado aqui. São coisas perigosas".

Para a nova geração

"Se você puder encontrar alguém que nunca foi para a faculdade, mas construiu um monte de coisas de brincadeira — saiba operar o equipamento, tenha um negócio na própria garagem ou laboratório e rapidamente faça alguma coisa —, esse é o tipo de pessoa que as empresas estão perdendo. É por causa de todos os requisitos pedidos que são maiores que essa gente".

A Apple está ditando as tendências para o mundo tecnológico? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: