Na semana passada, a Google surpreendeu o mundo ao anunciar o Android M, nova versão de seu famoso sistema operacional para dispositivos móveis. Além de apresentar as funcionalidades e características do software, a companhia liberou um build prévio para que os interessados em testar o SO pudessem instalá-lo desde já nos aparelhos da linha Nexus.

O que você provavelmente não sabia é que existe uma forma de experimentar o Android M mesmo não sendo dono de um smartphone ou tablet da família Nexus. Para isto, baixar usar o kit de desenvolvimento (SDK) oficial do Android, que já foi atualizado para que programadores possam desenvolver aplicativos para recém-anunciada edição do SO. Além de ser totalmente gratuito, o SDK é compatível com Windows, Linux e Mac OS X.

Vale observar que, naturalmente, a experiência de testar o Android M no computador é bem diferente de testá-la em um dispositivo móvel, já que você estará simplesmente emulando o sistema em um hardware diferente daquele para o qual ele foi projetado. Ainda assim, trata-se da forma mais rápida e segura de matar sua curiosidade a respeito do SO. Confira abaixo como fazê-lo!

Primeiro passo: instalando o SDK

Primeiramente, clique neste link para baixar a versão do Android SDK compatível com o sistema operacional de seu desktop (Windows, Linux ou Mac OS X). Há três pacotes diferentes para Windows, e recomendamos que você opte pelo primeiro deles (android-studio-bundle-141.1903250-windows.exe).

Ao término do download, execute o programa e instale-o normalmente na sua máquina. Ao abri-lo pela primeira vez, será preciso aguardar alguns segundos até que ele liste todos os pacotes opcionais que podem ser baixados. Esses pacotes incluem as ferramentas de programação e simuladores para inúmeras versões do Android, além de alguns arquivos essenciais para que tais emuladores rodem com perfeição.

Visto que o nosso objetivo não é desenvolver apps, e sim simplesmente testar o Android M, você só precisa assinalar quatro pacotes para download: o “SDK Platform Android M Preview”, o “ARM EABI v7a System Imagem”, o “Intel x86 Atom_64 System Imagem” e o “Intel Atom System Imagem”.

Selecione-os, clique no botão “Install 4 packages” e, na janela que se abre, marque a caixa de seleção “Accept License”. Aguarde, pois nesta etapa o SDK fará o download e a instalação dos pacotes selecionados, e isso pode demorar vários minutos de acordo com a velocidade de sua internet.

Segundo passo: configurando o emulador

Ao término da instalação dos componentes, abra o Windows Explorer e vá para a pasta na qual o Android SDK foi instalado. Execute o arquivo batizado como “AVD Manager”. Na janela que se abre, clique em “Create”. Agora você precisará cadastrar um emulador com as características desejadas.

Em “AVD Name”, batize-o com um nome qualquer. Em “Device” você seleciona o dispositivo desejado para emulação (no caso, escolhemos o Nexus), enquanto em “Target” você precisa escolher a opção “Android M (Preview)”. Confira o resto das configurações de exemplo na screenshot abaixo (obs.: não use espaços para nomear o emulador).

Pronto! Você será redirecionado para a página inicial do AVD Manager. Selecione o emulador recém-criado, clique em “Start” e não altere nenhum valor no popup que se abre. Após alguns minutos (a primeira execução é sempre mais demorada), uma janela se abrirá e você poderá aproveitar todos os recursos do novo Android M.

Cupons de desconto TecMundo: