Tudo bem que a Microsoft quer que todo o público migre para o Windows 10, mas limites precisam ser respeitados, não é mesmo? O site da revista Forbes publicou uma denúncia grave contra a empresa: segundo a página, a companhia de Bill Gates tentou instalar secretamente o novo sistema operacional em uma série de máquinas.

O relato conta que o Windows 10 tentou "se atualizar" em vários PCs com Windows 7 e Windows 8 ou 8.1 de diversas formas. Na mais comum, ele simplesmente avisava que um novo update estava disponível e, quando o usuário reiniciava a máquina, voltava com o novo modelo pronto para configuração.

Em outro procedimento enviado por leitores, o log com o histórico de atualizações mostrava uma série de erros na tentativa da instalação do Windows 10 (não solicitada pelo usuário). Assim, quem confere o histórico (Painel de Controle > Windows Update > Atualizações instaladas) vê as falhas e tenta atualizar.

A captura de tela acima, enviada para o site, mostra bem o ocorrido — foram 31 tentativas malsucedidas de instalação durante menos de um mês.

Microsoft responde

Segundo a empresa, a instalação forçada é um bug que já foi corrigido, o que significa que o Windows 10 não tentará entrar na sua máquina novamente sem autorização. O problema? Essa não é a primeira vez que algo do tipo ocorre: no mês passado, ela classificou como "acidente" um "erro" que marcava automaticamente uma caixa que falava sobre a atualização para o Windows 10 em vários PCs.

De qualquer forma, o erro 0×80240020 ou 080240020, correspondente às tentativas falhas e forçadas, não deve voltar a aparecer, e atualizações manuais devem proceder sem problemas.

Vale a pena atualizar para o Windows 10? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: