O Windows 10 Mobile Technical Preview Build 10136 chegou com diversas novidades para os usuários, incluindo modificações grandes e alterações quase imperceptíveis. Uma delas que quase pode passar despercebida é o novo sistema de informação da bateria do dispositivo que está no menu de configurações.

Além de mostrar o quanto de bateria o aplicativo utilizou, também será possível descobrir como a bateria foi usada. Os dados fornecidos envolvem a iluminação da tela, o sistema geral e a conexão WiFi, além de diversos outros.

Na imagem acima, podemos ver o uso de bateria do aplicativo Win IP Cam, que gastou boa parte do seu consumo de bateria com a tela. Outras proporções quase idênticas foram usadas com o sistema e o WiFi.

Já o Projeto Spartan – codinome do Edge, novo navegador da Microsoft que substitui o famigerado Internet Explorer – distribuiu o seu uso de bateria de uma forma muito mais desequilibrada, com o uso de tela muito à frente dos outros recursos (sistema e WiFi).

O objetivo da Microsoft é ajudar os usuários a analisar quais aplicativos estão drenando mais bateria e de que forma eles estão gastando isso, para poder diagnosticar e corrigir possíveis problemas com o uso abusivo da energia.

Cupons de desconto TecMundo: