Diablo 3 (Fonte da imagem: Reprodução/Baixaki Jogos)

A PC Gaming Alliance é uma organização dedicada a melhorar a experiência de jogos na plataforma PC. Ela é composta por diversas empresas, como Intel e AMD. Recentemente, ela anunciou que o mercado de games para PC, surpreendentemente, voltou a crescer.

De acordo com dados da DFC Intelligence, o mercado global de jogos para PC cresceu US$ 20 bilhões (cerca de R$ 40 bilhões) em 2012, um aumento de 8% em relação a 2011. Jogos como Diablo 3, Guild Wars 2 e Minecraft são responsáveis por esse crescimento, mesmo com a diminuição das assinaturas de MMOs e a crescente concorrência dos games móveis.

O relatório aponta que a China é o mercado de games para PC que mais cresce, tendo quase US$ 7 bilhões (cerca de R$ 14 bilhões) de lucro. Isso se dá pelo fato de que a China é um mercado que possui uma economia em rápida expansão, além de que o mercado de consoles é praticamente inexistente por lá.

Jogadores mais velhos

A empresa de pesquisa de mercado Jon Peddie Research aponta que, nos Estados Unidos, a média de idade dos jogadores de PC é de 35 anos, um número elevado que a indústria de games para PC precisa reverter, atraindo um público mais jovem.

Um dos maiores responsáveis pelo aumento na arrecadação são os equipamentos “top de linha”, como a nova placa de vídeo da NVIDIA, a GeForce GTX Titan, lançada recentemente. Segundo Ted Pollak, da Jon Peddie Research, mesmo que apenas 5% dos itens comercializados na América sejam considerados top de linha, eles são responsáveis por cerca de 20% do lucro do mercado de GPUs.

Pollack afirma que, para garantir o crescimento da indústria de games no PC é preciso educação. Segundo ele, muitos computadores disponíveis no mercado atualmente podem ser utilizados para jogos, mesmo que não sejam direcionados para isso. O que ele quer dizer é que nem sempre é preciso investir muito dinheiro em uma máquina específica para games.

Cupons de desconto TecMundo: