(Fonte da imagem: Divulgação/Activision)

Pronunciando-se pela primeira vez sobre os problemas que ainda assolam o serviço Call of Duty Elite, a Activision afirmou que a demanda de usuários foi muito maior do que a esperada, levando a quedas e instabilidades no serviço. Segundo o vice-presidente da produtora, Daniel Suarez, nem mesmo o lançamento de uma Beta pôde preparar a empresa para o grande fluxo de membros que estava por vir.

Suarez afirmou que as equipes da Beachhead Studios, responsável pela infraestrutura online de Call of Duty: Modern Warfare 3, está trabalhando sem parar para reduzir os problemas. Segundo ele, os períodos de intermitência já estão diminuindo, mas os usuários ainda encontrarão problemas para usar o serviço.

O executivo afirmou também que a complexidade da plataforma contribuiu para os problemas. Segundo ele, a possibilidade de acessar o sistema por meio de consoles ou PC, além de um componente para celulares que ainda será lançado, torna o sistema único e muito mais difícil de se controlar.

“Estamos comprometidos. Essa não é a experiência que queremos que as pessoas tenham”, afirmou Suarez, em entrevista ao site Joystiq. Segundo ele, porém, ainda não existe uma previsão de quando os serviços serão normalizados, mas isso é uma prioridade para a Activision.

Via Baixaki Jogos

Cupons de desconto TecMundo: