Img_normal

Recentemente, a Sony lançou alguns comentários realmente interessantes a respeito da interação nos games. Segundo a companhia, os níveis de interatividade serão “perigosos” dentro de um período de dez anos.

Para a empresa, as desenvolvedoras poderão alcançar dados inimagináveis dos jogadores, coletando informações em tempo real por meio de tecnologias de detecção de movimento e câmeras.

Poderosos chefões

O chefe da Sony Worldwide, Shuhei Yoshida, comentou, em entrevista ao site Develop, que acredita que os jogos saberão cada vez mais sobre os jogadores e a tecnologia do futuro poderá ler muito mais do que os movimentos, detectando olhares e até emoções.

Mike Hocking, diretor sênior da Sony Worldwide Studios, concordou com Yoshida, sugerindo que as desenvolvedoras poderão colocar os jogadores como verdadeiros atores participantes do game. “Quem sabe teremos jogos de detetive que detectarão se o jogador está mentindo ou não, graças às leituras das expressões faciais”, comenta Hocking.

“Em dez anos, acho que poderemos formar um mapa do jogador, combinando vários dados sensoriais, desde expressões faciais até batimentos cardíacos”, declara Hocking. “Os jogos até saberão se você está feliz ou triste, compartilhando essas informações em uma rede social”, finaliza Hocking.

A Sony afirmou que está realizando vários tipos de pesquisa nesse segmento, mas não revelou nada específico. Assustador ou revolucionário? Deixe sua opinião!

Via Baixaki Jogos

Cupons de desconto TecMundo: