Jogadores que acompanham de perto a indústria de games já devem ter ouvido falar de uma das ocupações mais famosas dentro de uma produtora de jogos: Level Designer. Muitas pessoas acreditam que a produção de mapas ou fases para games seja uma tarefa fácil, mas a verdade é justamente o contrário. O desenvolvimento do espaço virtual no qual um jogo se passa é uma etapa crucial para o seu sucesso.

O padrão de qualidade atual de jogos é bastante alto, e o nível de desenvolvimento exigido em cada aspecto de um game é muito grande. Por causa disso, o papel de um Level Designer está sendo cada vez mais dividido entre vários profissionais especializados. Uma pessoa, ou um grupo de pessoas, se responsabiliza pelo visual do mapa, outro grupo idealiza o roteiro que o jogador deve tomar, outros programam os inimigos e o funcionamento do ambiente, e assim por diante.

É comum que o termo Level Design pareça restrito aos jogos de tiro em primeira pessoa, devido ao fato de mapas desenvolvidos por fãs terem popularizado o processo de produção de fases, mas este processo se aplica a praticamente qualquer jogo, em qualquer gênero. Assim como se desenvolve cuidadosamente os corredores claustrofóbicos de um jogo de tiro, a produção de uma pista em um jogo de corrida também é uma tarefa importantíssima.

Criando mundos

O orçamento milionário de jogos modernos garante que um trabalho muito grande seja dedicado à produção e aos aspectos visuais e sonoros dos mapas. A sensação de estar, de fato, em uma floresta silenciosa e tenebrosa ou em uma cidade caótica e bagunçada não depende apenas do posicionamento das árvores ou prédios: é importante que o jogador sinta credibilidade no barulho e na textura das folhas ou dos veículos em alta velocidade.

Esta necessidade de desenvolvimento torna alguns mapas de jogos verdadeiras obras de arte. Por exemplo, a arquitetura e a representação histórica dos anos 40 e 50 no game Bioshock chamam a atenção por serem de uma qualidade digna de uma obra de arte. A trilha sonora se integra maravilhosamente aos ambientes, que misturam aspectos futuristas com decoração clássica, criando uma atmosfera cativante que foi, sem dúvida, um dos aspectos mais essenciais para que o jogo alcançasse o sucesso que alcançou.

Um exemplo do belíssimo mundo de Bioshock.

Além de todas estas tarefas artísticas, outro aspecto importante é a programação do mapa. Uma equipe de programadores tem que criar rotas de navegação para os personagens controlados por inteligência artificial, e também tem que fazer com que eles reajam de maneira realista ao lugar no qual estão inclusos. Por exemplo, a cidade de Liberty City, do game GTA IV, torna-se mais viva e rica por causa dos pedestres e seu comportamento em relação ao ambiente.

Faça você mesmo!

Para jogadores que têm interesse em desenvolvimento de jogos, algumas empresas providenciam ferramentas para criação de mapas e fases para seus melhores títulos. Um bom exemplo é o programa G.E.C.K., que permite a criação de mapas e aventuras para Fallout 3. Outra opção é o desenvolvimento completo de jogos, incluindo tanto os mapas quanto todos os outros aspectos. Existem programas que facilitam este processo, e basta o jogador ter curiosidade e vontade de exercitar sua criatividade.

Cupons de desconto TecMundo: