O Xperia Z4, o smartphone de ponta da Sony, foi lançado no Japão em abril sem muito alarde. Do lado de fora, ele não é muito diferente do Z3, com exceção do conector magnético de recarga e a tampa da porta USB, ausentes no Z4.

E por dentro, como é que o celular mudou? Para responder a essa pergunta, o blog Witrigs desmontou o aparelho e mostrou todas as peças que compõem o smartphone da Sony. Vamos ver?

Destrinchando passo a passo

A primeira coisa feita foi abrir a cobertura lateral e retirar os cartões SIM e SD do aparelho.

Para soltar a parte de trás do celular, é necessário esquentar a tampa para amolecer a cola, abrir uma fresta e usar uma palheta de guitarra na abertura para cortar o adesivo que está por dentro.

Agora é possível ver os componentes claramente. Logo acima está uma foto para comparar com o Z3.

É fácil remover a bateria, que é de 3,8 V e 2.390 mAh. Depois disso, é possível desconectar todos os componentes da placa-mãe.

Depois de retirados os parafusos, a placa-mãe pode ser removida facilmente.

Com isso, é possível desmontar todas as peças que ficam na parte superior do celular, como as câmeras, o conector para fones de ouvido, o receptor e outros.

O Xperia Z4 tem proteção contra água e é possível ver vários materiais impermeabilizantes dentro do aparelho. A entrada de fones de ouvido é uma peça customizada pela ALPS e ali encontramos uma espuma usada para evitar a entrada de água.

O receptor tem um adesivo à prova d'água.

A câmera traseira do dispositivo (à esquerda da imagem) tem resolução de captura de 20,7 megapixels, enquanto a frontal possui 5 megapixels (à direita).

Com isso, sobram os circuitos flexíveis, sensores, motor de vibração e o alto-falante.

No Xperia Z4, não há mais tampa no conector USB. Para impermeabilizar o aparelho, a Sony colocou um material de borracha em volta da porta.

No entanto, existe uma proteção que envolve o microfone.

E essa é a placa-mãe do Xperia Z4.

Por fim, essas são todas as peças do celular de ponta da Sony.

Cupons de desconto TecMundo: