Melhor do que criar robôs de design estritamente funcional e abstrato é criar robôs que remetam a algo familiar. Afinal, quem não gosta de um robô unicórnio, um robô amigo, um robô... Molusco? Se você se enquadra nessa lista, fique feliz, pois pesquisadores conseguiram imitar um dos animais mais inteligentes do mundo marinho, o polvo.

Dimitris Tsakiris e seu time do Instituto de Ciência da Computação da FORTH, na Grécia, criaram uma réplica robótica de um polvo do tipo Octopus vulgaris com tentáculos de silicone presos a uma teia que impulsiona o objeto como uma criatura real na água.

Na verdade, dependendo do ângulo de visão e do quão informado você está, é bem possível confundi-lo com um molusco de verdade. As experiências mostraram que peixes das águas do Mediterrâneo, por exemplo, não conseguiram diferenciar o robô de uma criatura orgânica, e passaram a segui-lo, assim como peixes fazem com polvos.

Graças ao impulso conferido por sua rede, o “robopolvo” pode nadar a 18 centímetros por segundo. Os cientistas por trás do projeto dizem que o objetivo é observar ecossistemas submersos no mar, compreendendo melhor a vida marinha.

Cupons de desconto TecMundo: