Como saber a hora certa de trocar de computador no trabalho

4 min de leitura
Imagem de: Como saber a hora certa de trocar de computador no trabalho
Avatar do autor

Um bom computador para trabalhar é essencial para realizar as atividades profissionais. Trata-se de uma ferramenta importante e que muitos utilizam diariamente, por isso é imprescindível que a máquina seja adequada. Nesse sentido, como quase tudo na vida, chega uma hora em que é preciso atualizá-la. 

É por isso que, neste artigo, a convite da Intel, vamos falar exatamente sobre isso: como saber qual é a hora certa de trocar o computador de trabalho? Além de esclarecer essa dúvida, vamos mostrar que manter um computador antigo por muito tempo pode sair mais caro do que investir em um novo.

Quais são os sinais?

Um computador que está se aproximando do final de sua “vida útil” começa a apresentar alguns sinais. É muito importante estar atento a eles para saber quando é a hora certa de trocá-lo.

Porém, ainda pode ser um pouco difícil tomar a decisão mesmo com a presença clara desses sinais. Por isso, vamos esclarecer algumas dúvidas que podem surgir na hora de fazer a avaliação de troca (ou não) do computador.

Sinal #1 – Travamentos e lentidão

IntelSistema travando muito? Pode ser a hora de trocar de computador. (Fonte: Shutterstock)

Um sinal claro de que o computador precisa ser atualizado é a constante presença de lentidão e travamentos. Se a sua máquina está nesse estado, o primeiro passo é investigar isso. Pode ser que os problemas sejam causados por algum outro fator, como a falta de manutenção do hardware, componentes defasados ou softwares corrompidos.

Se a máquina já te acompanha por mais de 5 anos, é provável que a lentidão e o travamento estejam associados à “idade” do computador. Nesse caso, uma atualização pode não ser o suficiente para resolver o problema (além de que pode sair mais caro). Comprar um computador totalmente novo, embora pareça demandar um investimento maior, é mais barato a longo prazo.

Sinal #2 – Sistema operacional não recebe mais atualização

IntelAlém de ruim para o desempenho, manter um PC desatualizado pode ser ruim para a sua segurança. (Fonte: Shutterstock)

Além de um sinal, esse fator pode ser comprometedor para a segurança dos dados armazenados na máquina. Um sistema operacional que não recebe mais atualização fica vulnerável a ataques de pessoas má-intencionadas, além de também poder apresentar lentidão e travamentos.

Um sistema operacional costuma receber atualizações do fabricante durante muitos e muitos anos. No entanto, se chegou ao ponto de o software não receber mais esse cuidado, esse é um forte indício de que a sua máquina também está “passando da hora”. Nesse caso, considere seriamente trocar o seu computador..

Sinal #3 – Atualização de componentes não resolve o problema

IntelTrocar os componentes pode não resolver todos os seus problemas. (Fonte: Shutterstock)

Você já entendeu que há algo de errado no seu computador e até trocou alguns componentes dele, mas os problemas de lentidão e travamentos ainda persistem. O que pode estar acontecendo? Isso pode ser um sinal de que você precisa trocar de computador.

A cada nova atualização de hardware, muitos componentes antigos perdem o suporte de atualização. Isso pode acontecer com a placa-mãe, o processador, a memória e outras peças do computador. Nesse caso, não há escolhas: é preciso investir em uma nova máquina, com componentes novos e que podem ser atualizados se necessário.

Sinal #4 – O desempenho não está mais satisfatório

IntelComputador com desempenho abaixo do esperado? Considere trocar de máquina. (Fonte: Shutterstock)

Pode ser que o seu computador não seja tão antigo e que ele até suporte algumas atualizações de componentes. Contudo, se o desempenho dele estiver muito abaixo do esperado, às vezes vale a pena considerar a troca completa do aparelho.

Esse é o caso daqueles que precisam começar a utilizar softwares pesados, como aqueles de edição ou jogos que exigem mais processamento. Sendo assim, mesmo a atualização dos componentes pode não resolver o “problema” e, além disso, pode sair mais caro manter esse sistema em vez de comprar uma máquina inteiramente nova e com especificações que sejam adequadas ao seu uso.

Conclusão

Trocar o computador pode não ser a solução para todos os casos, mas certamente é uma alternativa para vários problemas além daqueles que foram mencionados neste artigo. Além disso, engana-se quem pensa que substituir o seu aparelho antigo por um novo pode ser muito caro.

De acordo com uma pesquisa global da Techaisle feita com 376 empresas em 6 países, o custo para consertar um PC antigo é igual ou até mesmo ultrapassa o custo de comprar um novo. O estudo revela que as empresas estão gastando em média US$ 427 em custos de reparo para PCs com 4 anos ou mais. Isso é 1,3 vez o custo de reparo para aqueles com menos de 4 anos.

Da mesma forma, o custo de manutenção e reparo de um computador com mais de 4 anos é 1,6 vez o custo de manutenção e reparo para outro com menos de 4 anos. Isso sem considerar o custo da produtividade perdida quando os funcionários estão sem seus computadores ou com sistemas travando.

Portanto, avalie com cuidado cada um dos pontos acima para tomar a decisão de trocar de computador.

Este conteúdo é um oferecimento de Intel

Como saber a hora certa de trocar de computador no trabalho