O Eevee é um dos pokémons mais queridos e lembrados, e isso não muda em Pokémon GO. Apesar de ter um design bacana e fofinho, não é por conta disso que ele é um dos prediletos dos fãs: na primeira geração, o monstrinho pode se transformar em outros três, sendo cada um de um tipo diferente: fogo, água e raio.

Como era de se esperar, todas as transformações do monstrinho estão presentes no app, mas como elas funcionam? Afinal, no jogo de Game Boy/DS/3DS, cada uma delas precisa de um requisito especial, como pedras preciosas ou evoluí-lo em um certo período do dia. Em Pokémon GO, a evolução é aleatória, mas há um método de “forçar” especificamente uma delas. Confira:

Como obter especificamente o Jolteon, Flareon ou Vaporeon

Convenhamos: evoluir pokémons no app não é uma tarefa muito fácil. Quando a criatura em questão é um Pidgey ou um Zubat, é uma coisa, mas um Eevee é mais difícil, já que eles não aparecem tão facilmente e precisam de 50 Candy para serem evoluídos. Depois de tanto esforço esperando por um Jolteon, pode ser uma decepção ganhar um Flareon.

Para evitar isso, você pode realizar o seguinte procedimento: ao capturar um Eevee, coloque o nome dele como Sparky, se quiser um Jolteon, Pyro, se optar por um Flareon, e Rainer, se quiser um Vaporeon. Bem simples, né?

Os nomes podem parecer estranhos, mas eles vêm de um Easter Egg presente no jogo, que referencia três mestres Pokémon do desenho original. O criador do app, John Hanke, revelou durante a San Diego Comic-Com que há mais segredos como este no jogo, mas ainda não descobrimos. O que você acha que é?

Cupons de desconto TecMundo: