(Fonte da imagem: Reprodução/Nature Communications)

Cientistas e pesquisadores que dependem de imagens microscópicas para realizar seus trabalhos podem receber uma grande ajuda em breve: um teste divulgado pela Nature Communications mostra que, futuramente, imagens geradas por raio X holográfico podem oferecer referências em alta definição de objetos microscópicos em movimento, como vírus. 

A foto que abre esta matéria é uma prova do que é possível obter recorrendo a essa tecnologia. Somado a isso, esse método também oferece a possibilidade de criar imagens em 3D usando luz de frequência simples e medindo as diferenças entre as ondas emitidas pelos objetos ou corpos. 

Para esse processo é preciso que a luz passe por um buraco fino, mas há a possibilidade de substituí-lo por anéis concêntricos. Ao fazer isso, o pesquisador pode obter uma imagem mais rápido e com uma qualidade melhor – novamente mencionando a que você vê no início da matéria, ela tem 0,006 milímetros de um lado a outro e foi obtida graças a este processo.

Cupons de desconto TecMundo: