Intel anunciou hoje (29) durante o Salão do Automóvel de Los Angeles, EUA, que está desenvolvendo um sistema para que passageiros de carros autônomos não fiquem tão entediados durante os passeios ou corridas. A empresa fez uma parceria com a Warner Bros. para criar experiências de realidade virtual e aumentada para esse pessoal. Dessa maneira, seria possível assistir a filmes, programas de TV e até jogar games dentro do carro enquanto ele leva o passageiro até o seu destino.

Um fã do super-herói Batmam poderia aproveitar uma corrida no Batmóvel pelas ruas de Gotham

Só que há um elemento preocupante nesse aspecto. Além de ter essas experiências interessantes, os passageiros poderão ser expostos a outro tipo de conteúdo nem tão agradável. “Um fã do super-herói Batmam poderia aproveitar uma corrida no Batmóvel pelas ruas de Gotham, enquanto recursos de VR renderizam o carro como uma lente para o mundo exterior. Isso também permitiria que os passageiros assistissem a publicidade e outras experiências de descoberta”, disse Brian Krzanich, CEO da Intel.

Em outras palavras, enquanto os carros autônomos estão sendo desenvolvidos por uma série de fabricantes, já existem pessoas pensando em como expor as os usuários a mais publicidade. Isso pode fazer sentido, considerando que, quando ninguém mais precisar dirigir, haverá tempo ocioso dentro dos veículos, o que pode ser especialmente tedioso para quem costuma andar sozinho no carro.

Ainda não há qualquer previsão mais concreta de quando isso poderia acontecer, uma vez que ainda não temos certeza de quando carros 100% autônomos começarão a se tornarem populares.