Parece que o posto de chefão máximo da marca Xbox, conquistado por Phil Spencer, veio com um preço. O fato é que a Microsoft Studios teria dispensado uma série de funcionários no atual quadro da empresa, muitos dos quais se manifestaram pelo Twitter – alguns até de forma irônica.

O motivo dos desligamentos permanece uma incógnita, e ainda não se sabe também um número exato, mas algo certamente está acontecendo nos corredores da empresa de Bill Gates. Coincidência ou não, a situação ocorre logo após a promoção de Phil Spencer como líder de todas as divisões Xbox.

Um representante da Microsoft se pronunciou ao site VG24/7: “No Xbox, nosso objetivo é constantemente criar novas experiências interativas e sociais. Como parte de nosso compromisso para com esse objetivo, estamos sempre avaliando nossas prioridades de desenvolvimento, e há momentos em que decisões precisam ser tomadas para realinharmos os planos e redirecionar nossos esforços”, informou um porta-voz da companhia.

Elbert Perez, que trabalhava como produtor-técnico na empresa, disse que até iniciou uma campanha no Kickstarter:

Patrick Loughman, artista que atuava no departamento intelectual da companhia, havia dito que “estava finalmente livre”, mas sua mensagem no Twitter foi removida.

Conforme mencionado, ainda não há estimativa do número exato de demissões, mas sabe-se que a quantidade pode ir além daqueles que se manifestaram pelo microblog.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: