A Microsoft liberou um patch de segurança para o sistema operacional Windows XP no mês passado. O patch de segurança era focado na proteção contra o ransomware WannaCry, que afetou mais de 250 mil computadores no mundo todo. Agora, a Microsoft está lançando um novo pacth para o XP, que teve o suporte oficial encerrado em 2014.

O interessante da liberação deste patch de segurança é o motivo por trás. Dele, acompanhe, na íntegra, o que a gerente de gerenciamento de crise da Microsoft, Adrienne Hall, comentou:

A Microsoft acredita que novos ataques hacker vão acontecer em um futuro próximo

"Sobre as atualizações para este mês, identificamos algumas vulnerabilidades que representam um risco elevado para ataques cibernéticos realizados por organizações governamentais, às vezes denominados como 'hackers com licença de governos' ou organizações que costumam copiar ações. Para enfrentar esse risco, hoje oferecemos atualizações de segurança adicionais, juntamente com o nosso serviço regular de atualização de terça-feira. Essas atualizações de segurança estão sendo disponibilizadas para todos os clientes, incluindo aqueles que usam versões mais antigas do Windows".

Esta fala vem de encontro com as recentes notícias de que hacker russos estariam invadindo sistemas de rede dos Estados Unidos. Hoje (13), publicamos uma notícia mostrando mais detalhes sobre isso e como 39 estados norte-americanos foram hackeados.

A atualização de segurança serve para Windows XP, Windows Vista todas as outras versões do sistema

O WannaCry foi um marco em toda a cadeia de segurança, com culpados em todas as pontas. Desde a própria Microsoft, até empresas que não atualizam sistemas como contenção de custos e, obviamente, os próprios cibercriminosos. Porém, agora a Microsoft acertou: os ataques não vão parar por aí e o crime virtual, que é um negócio de US$ 32 bilhões apenas no Brasil, sempre vai buscar maneiras e brechas para aumentar este número.

A atualização de segurança que chega hoje (13) serve para Windows XP, Windows Vista todas as outras versões do sistema. Ela também é realizada automaticamente via Windows Update — vá checar por lá se o seu computador não for atualizado.

A Microsoft não explicou quem fez a indicação de possíveis novos ataques e, caso apareçam novos detalhes, você poderá acompanhar nesta página dedicada.

Cupons de desconto TecMundo: