Sem Apple, Intel pode sofrer queda brusca no mercado de CPUs

1 min de leitura
Imagem de: Sem Apple, Intel pode sofrer queda brusca no mercado de CPUs
Imagem: Wifi Hifi/Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A participação da Intel no mercado de processadores para computador pode ter uma queda considerável em 2022. Isso está diretamente ligado à decisão da Apple de abandonar os chips da fabricante e utilizar seus próprios componentes da linha Apple Silicon.

Devido aos quatro Macs com chips M1, a Intel perderá quase 50% dos pedidos da Apple apenas este ano. Então, com o fim da longa parceria, fontes do DigiTimes indicam que o market share da fabricante estará abaixo dos 80% em 2023 –  a estimativa é que uma fatia de pelo menos 10% desse mercado fique com a Apple.

Antes parceiras, Intel e Apple devem se tornar rivais no mercado de chips.Antes parceiras, Intel e Apple devem se tornar rivais no mercado de chips.Fonte:  PPLWare/Reprodução 

A Apple revelou, no ano passado, um plano de transição dos processadores de todos os computadores Mac – incluindo desktops e notebooks. O período de transição, que durará dois anos, deve estar completo até o evento WWDC 2022.

Aparentemente, a Intel está ciente do impacto que o Apple Silicon terá em seus negócios. Por exemplo, a marca já realizou campanhas de marketing contra os novos Macs alertando que seus processadores são superiores aos modelos da companhia de Cupertino.

Crescimento da Apple

Por outro lado, testes provaram que o M1 consegue ser superior aos processadores Intel. Tal como, certos recursos do masOS Monterey não serão compatíveis com os antigos chips fornecidos pela fabricante.

Por fim, a Bloomberg revelou que a Apple está testando chips de última geração com até 40 núcleos de alto desempenho e opções de até 128 núcleos gráficos para os futuros Macs. Os novos produtos possivelmente deixarão a marca completamente independente da Intel.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Sem Apple, Intel pode sofrer queda brusca no mercado de CPUs