Pequenos dispositivos movidos a hidrogênio podem viajar no seu corpo (Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

Um dos grandes problemas a serem resolvidos na medicina são os efeitos colaterais provenientes do excesso de medicamento no organismo humano. Isso acontece porque tomamos quantidades bem acima do que realmente precisamos, esperando que a substância se espalhe no corpo e chegue até o local desejado. Contudo, esse empecilho está para ser superado pelos “microfoguetes” desenvolvidos na University of California, nos EUA.

Os pequenos dispositivos utilizam propulsão promovida pela expansão do hidrogênio contido na água. Para isso, uma reação é provocada por um composto de alumínio e gálio que libera as moléculas do gás contidas na água encontrada no corpo humano.

Os dispositivos não devem fazer qualquer mal ao organismo, mas ainda não possuem um sistema eficiente de controle. Contudo, esses microfoguetes poderão direcionar medicamentos para áreas determinadas do nosso corpo no futuro. Fora isso, cada microfoguete pode chegar a uma velocidade máxima de três milímetros por segundo.

Confira neste vídeo como os pequenos foguetes se movimentam.

Fonte: C&EM

Cupons de desconto TecMundo: