O que é URL e qual a sua função?

3 min de leitura
Imagem de: O que é URL e qual a sua função?
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

Quem usa a internet com frequência provavelmente já se deparou com a sigla “URL” em algum momento da vida e pode até ter uma breve ideia da função dela. No entanto, tudo começa a fazer mais sentido quando a gente descobre o significado real dessas três letras juntas e o porquê de a sigla ainda ser um padrão web até hoje. Falando de forma bem simples, a URL é o endereço de qualquer site na internet, mas há mais a ser explicado logo adiante.

O que é a URL?

A sigla URL é uma abreviação de Uniform Resource Locator, ou "Localizador Uniforme de Recursos" (em tradução livre). Na prática, a URL é o endereço do site que você precisa digitar na barra de endereços de um navegador web. Sem ele, o acesso ao site ou à página é dificultado, uma vez que será necessário fazer uma busca online até que você encontre o que procura por meio de links.

O padrão das URLs foi definido em 1994, por Tim Berners-Lee, pai da World Wide Web. A estrutura da sigla contém uma série de informações específicas, que seguem um padrão predeterminado para que o usuário possa sempre encontrar o serviço que procura, desde que ele digite o endereço corretamente.

O padrão é usado até hoje, mesmo quase trinta anos após seu lançamento. A razão para isso é que simplesmente ele continua funcionando muito bem.

Estrutura simplificada da URL permite acesso fácil aos sites web.Estrutura simplificada da URL permite o acesso fácil aos sites web.Fonte:  Pixabay/Reprodução 

Estrutura de uma URL

Conhecer a estrutura de uma URL nos faz entender melhor como esse padrão funciona. A simplicidade dessa base também contribui para que o padrão seja usado até os dias de hoje, uma vez que atende tanto a usuários avançados quanto a leigos.

Há duas partes principais que compõem a URL: o esquema e o caminho. A seguir, veremos a explicação de cada uma delas.

1. Esquema

O esquema é um protocolo de rede e o primeiro grupo de caracteres de uma URL, que fica antes do sinal de “:”. Ele é bem útil, porque serve para indicar que o link se trata de um endereço web (http ou https), uma comunicação via email (mailto), transferência de arquivos entre computadores (ftp), comunicação entre chats (irc), entre outros.

Assim como todo o restante de um endereço web (ou outro link de comunicação), o esquema sempre é digitado em letras minúsculas.

2. Caminho

O caminho é o endereço nominal de um site em si. É nele que encontramos o nome do domínio de determinado site.

Na internet, os endereços são identificados por strings numéricas, mas seria extremamente difícil para os usuários decorarem essas sequências só para poderem acessar uma página qualquer. A URL substitui as strings por termos simplificados e padronizados, que também servem para identificarmos alguns aspectos de um site.

Por isso, o caminho é dividido em pelo menos três partes: o hostname, que é a primeira parte antes do primeiro ponto (www, por exemplo), o domínio do site e o domínio de alto nível, ou TLD, que é o último termo após o último ponto e antes da primeira barra, indicando o tipo do site (com, net, org, etc.).

Tenhamos como exemplo o endereço do TecMundo (https://www.tecmundo.com.br/), no qual "https" é o esquema, "tecmundo" é o domínio e "com" é o TLD. O caminho, nesse caso, é “tecmundo.com”.

Quando você visita uma página secundária de um site principal, o endereço do site recebe informações adicionais, que distinguem uma página de outra. Por exemplo, no endereço “https://www.tecmundo.com.br/internet/206650-google-fotos-veja-quantos-gb-gratis-ainda-restam-conta.htm”, há um número que serve como atributo de indexação e  identificador, que vem logo após a “tag” (internet) e antes do nome do arquivo carregado pelo navegador.

Essa estrutura simplificada permite a usuários visitarem bilhões de endereços na internet, sem que uma página “cruze” o caminho de outras páginas.

Fontes

O que é URL e qual a sua função?