A forma como a estrutura é criada e como a impressora a reproduz são a verdadeira força do material. (Fonte da imagem: Reprodução/PhysicsWorld)

Objetos construídos em forma maciça sempre foram utilizados em construções e outras aplicações por serem simples e extremamente resistentes. Contudo, na maioria dos materiais, a dilatação ou deformação de pontos-chave da estrutura podem destruir completamente até mesmo uma viga de metal gigantesca.

Para resolver esse problema, estudantes da Universidade de Nottingham, no Reino Unido, desenvolveram um sistema que cria estruturas “ocas” para serem impressas em 3D e que podem se tornar 10 mil vezes mais fortes que seus correspondes feitos em aço.

O modelo básico que foi construído pelos estudantes britânicos é semelhante ao que segue:

Modelo pode proporcionar muito mais força que criações maciças em aço. (Fonte da imagem: Reprodução/PhysicsWorld)

A “mágica” acontece por conta da forma como a estrutura é pensada. Ainda assim, a perfeição com que a impressora consegue reproduzir os modelos é crucial para manter os objetos íntegros. No fim das contas, a organização das estruturas é tão meticulosa que chega a ser semelhante ao que se encontra no interior dos ossos humanos, que são fortes e, ao mesmo tempo, leves.

Cupons de desconto TecMundo: