(Fonte da imagem: Reprodução/Geeky-Gadgets)

Até o final deste mês, a Google deve matar mais um de seus serviços que não se provaram tão bem-sucedidos quanto o esperado. A partir do dia 19 de julho, os usuários do aplicativo Alfred vão ter que procurar outra solução para recomendações de restaurantes, bares e outros locais interessantes que estejam em sua proximidade.

A notícia surge somente 18 meses após a companhia ter adquirido os direitos sobre o software originalmente desenvolvido pela Clever Sense. Ao comprar o programa, a empresa planejava ampliar as funções oferecidas por ele, o que incluiria a incorporação de um sistema de ofertas diárias semelhante àquele adotado pelo Groupon.

Claramente, os resultados não foram aqueles que eram esperados pela companhia, que deixou o aplicativo sem atualizações por mais de um ano. Segundo o TechCrunch, o time de desenvolvimento do serviço foi desmontado pela Google aos poucos, sendo que muitos de seus principais profissionais foram remanejados para trabalhar no Google Places.

Esse não é o único serviço baseado em localizações que a companhia abandona este ano. Ainda esta semana, a organização afirmou que vai deixar de trabalhar no Latitude, solução que permitia a amigos e familiares compartilharem informações sobre os locais em que cada um deles estava — funções que vão ser incorporadas pelo Google+.

Cupons de desconto TecMundo: