A fabricante taiwanesa de acessórios Lian Li anunciou recentemente os modelos DK-01 e DK-02. Mas as carcaças para computadores não são apenas gabinetes. Acontece que a icônica peça serve também como mesa a quem decidir integrar um poderoso hardware ao utensílio doméstico. O design elegante de ambas as mesas possibilita aos usuários a construção de máquinas realmente encorpadas. E a principal diferença entre os modelos apresentados é o tamanho: enquanto a mesa DK-1 é capaz de servir como gabinete a um PC, a DK-2 pode suportar até dois sistemas de hardware independentes. Confira a seguir algumas das principais características de ambas as mesas:

  • Quatro entradas USB 3.0
  • Saída de áudio de alta qualidade
  • Entrada para microfone
  • Botão de energia
  • Trava
  • Slim Drive
  • Laterais tapadas por coolers com filtro
  • Suporte lateral para headset
  • Suporte para teclado ajustável
  • Tampa superior removível
  • Suporte a placas-mãe HPTX, ATX E Micro-ATX (DK-1)
  • Suporte a cartões gráficos de até 400 mm (DK-1)
  • Dez suportes individuais para HDDs (DK-1)

Todas as especificações técnicas das mesas DK-1 e DK-2 podem ser conferidas por meio do vídeo postado acima ou através do site da fabricante (o modelo DK-2 possui basicamente as mesmas características da DK-1; a diferença está no suporte a um conjunto de hardware a mais – a quantidade de suporte a HDDs e a tamanhos determinados de cartões, por exemplo, são alguns dos aspectos que sofrem variação). O preço da DK-1 fica cravado em US$ 990; sua irmã mais parruda custa US$ 1.200. Naturalmente, nenhum componente de hardware acompanha a “mesa-gabinete”.

Cupons de desconto TecMundo: