Facebook é cheio de hoax. O pior disso, é que o número de pessoas que acreditam nas groselhas compartilhadas é incrivelmente alto. Por exemplo, quando Mark Zuckerberg "falou" que os brasileiros estragam a rede social, postagem sobre a notícia falsa alcançavam os milhares. Contudo, pode parecer zoeira, mas dessa vez os usuários do Brasil realmente foram bloqueados de uma página: a do Grammy, maior prêmio da indústria musical no mundo. O pior? Por causa da cultura "HUE".

Tudo começou assim: vários internautas BR foram até a página do Grammy no Facebook e pediram que a cantora Inês Brasil, sucesso/meme do YouTube, seja indicada para a categoria Grammy Amplifier.

Como não podia deixar de ser, foram milhares de brasileiros participando da "hueragem". Tanto, que a National Academy of Recording Arts and Sciences, realizadora do prêmio, acabou bloqueando o acesso de perfis brasileiros. Agora, se você mora por aqui, vai encontrar a seguinte mensagem na página:

"O link que você procura pode ter expirado, ou a página pode estar visível apenas para um público no qual você não está incluído". A página ainda não emitiu uma resposta para isso, mas as redes sociais estão loucas com o resultado.

O Grammy Amplifier foi criado para levantar três artistas independentes, oferecendo sessões de gravação com um vencedor do prêmio, um videoclipe dirigido por um diretor da indústria e até a possibilidade de tocar na abertura de um grande festival.

O sucesso de Inês Brasil que os fãs estavam indicando, você pode assistir aqui embaixo.

Inês Brasil merecia o prêmio do Grammy? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: