Que a internet é a principal ferramenta atual para a busca de empregos, não é segredo para ninguém. Agora, o Facebook vai entrar seriamente na onda e lançará no país um programa para identificar e desenvolver talentos de profissionais de diversas áreas.

O módulo será uma extensão das 20 vagas abertas atualmente e tentará acelerar o preenchimento do escritório da empresa em São Paulo, que hoje conta com cerca de 60 funcionários. Os detalhes serão conhecidos em breve.

Leonardo Tristão, diretor-geral da companhia, disse, sem revelar números, que o Brasil é um dos mercados mais crescentes em receita e que o projeto é uma das metas de expansão da empresa.

Perfil requisitado e rotina do Facebook

De acordo com Tristão, o Facebook tem uma rotina simples e que funciona de maneira semelhante ao dia a dia de uma empresa de pequeno porte. “Funcionamos num ambiente colaborativo e sem salas. Buscamos ser transparentes para quebrar a hierarquia. Terão mais chances no programa os candidatos dispostos a desenvolver carreira na empresa ou aqueles interessados em adquirir experiência para montar um negócio próprio”, afirmou o executivo.

Não é necessário ser qualificado somente em TI. Segundo Tristão, engenheiros e programadores com esse conhecimento específico ficam restritos ao suporte operacional. Portanto, é bem possível que o programa abranja várias áreas distintas.

Cupons de desconto TecMundo: