(Fonte da imagem: Reprodução/Mr. Wallpaper)

Sair para comprar uma latinha de Coca-Cola pode ser uma tarefa rara no futuro – na mais otimista das hipóteses, você poderá fazer o próprio refrigerante em casa, sem precisar da fórmula secreta da bebida e reproduzindo o gosto exato do produto.

Explicamos: a Coca-Cola anunciou nesta quarta-feira (5) que gastou US$ 1,25 bilhão para comprar 10% da Green Mountain Coffee Roasters, uma companhia dona de máquinas que passam café automaticamente e em pequenas quantidades (um só copo por vez) usando misturas prontas em forma de cápsulas. O acordo significa também a liberação do portfólio da empresa de bebidas para que o acervo seja usado em produtos da parceira.

Isso cai como uma luva para a Green Mountain, que planeja para 2015 o lançamento da Keurig Cold, uma máquina que funciona como os modelos atuais de café, mas tendo como resultado refrigerantes, energéticos e outros produtos gelados.

A versão de bebidas quentes já é vendida nos EUA. (Fonte da imagem: Divulgação/Keurig)

Por enquanto, a Coca-Cola Company não confirmou quais bebidas serão fabricadas usando a Keurig Cold (Sprite e Fanta, entre outras marcas, também pertencem à empresa).

Cupons de desconto TecMundo: