É ano de Copa do Mundo de futebol, e 32 países dos mais variados cantos se encontram para disputar o esporte mais popular do mundo. Além de ver a bola rolar, conhecemos mais a respeito de uma série de nações.

A seguir, selecionamos algumas das maiores contribuições tecnológicas, invenções ou atuais trabalhos de cada classificado. E desde já vale o aviso: em vários casos, é impossível listar absolutamente todas as conquistas científicas de uma nação, pois a história de cada país é muito significativa para ser resumida em poucas linhas.

Grupo G

Bélgica

O baquelite, que é o primeiro plástico feito de componentes sintéticos, é uma invenção de um belga. O cientista Leo Baekeland patenteou a descoberta quando já morava nos Estados Unidos, em 1907. Por não conduzir eletricidade, ser relativamente barato e ter resistência ao calor, o baquelite foi usado em eletrodomésticos e outros aparelhos, incluindo telefones fixos — produtos que hoje chamamos de retrô.

Um homem.Leo Baekeland.

Já Edward de Smedt é o responsável pelo concreto de asfalto, o mesmo que hoje recobre as ruas das cidades e rodovias. A invenção foi registrada em 1870 e dois anos depois ruas de Nova York já testavam a novidade. Ele passou anos tentando aperfeiçoar ainda mais a fórmula para criar um material de maior brilho e liso.

Uma obra.

E é uma cientista belga a principal responsável pelo popular formato JPEG de conversão de imagens. Ingrid Daubechies, que também foi presidente da União Internacional de Matemática, usou uma ferramenta conhecida como wavelets para decompor sinais e dados sem perder informações e criar um formato de figura digital leve e sem grandes prejuízos de qualidade. O padrão dela é o JPEG 2000.

Uma mulher.

A "ótima geração belga" novamente aparece como favorita para a Copa do Mundo, mas o público agora já sabe que talvez a empolgação seja exagerada demais.

Panamá

A principal contribuição do Panamá foi na verdade um projeto internacional: o canal que leva o nome do país e localizado em seu território.

O canal do Panamá é uma maravilha arquitetônica moderna de 77,1 km que liga os oceanos Atlântico e Pacífico. Com três faixas de eclusas, ele reduziu o tempo de viagem na região e aumentou o comércio internacional local de navio. O projeto é de franceses e foi concluído pelos Estados Unidos, mas esse sempre será o maior legado desse país caribenho para o mundo.

Um canal.

Na Copa do Mundo, o Panamá é um dos dois estreantes e tenta fazer uma campanha que não só deixe o país orgulhoso, mas abra uma bela história do país em mundiais.

Tunísia

Assim como outros países da região, a Tunísia também traz uma contribuição recente para o mundo tecnológico. O país foi o primeiro em que eclodiu a Primavera Árabe, movimento de protestos contra governos nacionais que passou para outros países, como o Egito, e teve como consequências até mesmo a derrubada de presidentes.

Pessoas protestando.

A Primavera Árabe se notabilizou como um movimento moderno de alto uso de redes sociais, inclusive com tentativas de bloqueio por parte dos governos, e fez o mundo abrir os olhos para o poder político desses sites, e da alta capacidade de mobilização da população usando a internet.

A Tunísia sabe da dificuldade de passar de um grupo tão complicado na Copa do Mundo, mas vai tentar ao menos dar trabalho para os dois países favoritos.

Inglaterra

Especialmente pelo período vitoriano e as eras da Revolução Industrial, a Inglaterra também é um celeiro de invenções. Logo de cara, dá para citar o motor a vapor em 1801 graças a Richard Trevithick, que pela primeira vez movimentou um pistão com vapor em alta pressão.

Um homem. O inventor do motor a vapor.

Tem ainda Alexander Graham Bell, um dos principais nomes por trás de um dispositivo que substituiu o telégrafo e transportava a voz humana: o telefone.

Graham Bell.Graham Bell.

Joseph Swan foi o inventor do bulbo de lâmpada em 1880 — sim, antes do bem mais conhecido Thomas Edison. Ele até conseguiu a patente e começou a fabricar a criação, que emitia luz por apenas 12 horas e se destacava por não ter cheio ou soltar fumaça.

Um homem;.Joseph Swan.

E o telégrafo elétrico também veio de lá. Charles Wheatstone e William Cooke inauguraram a primeira estação totalmente funcional entre Paddington e West Drayton em 1839, com uma forma de comunicação que possibilitou enviar mensagens e encurtar distâncias. 

Na Copa do Mundo, o time inglês chega desacreditado, mas tem jogadores de qualidade no elenco.

Grupo H

Colômbia

A Colômbia é atualmente um dos polos de cirurgias Lasik, que são aquelas de correção oftalmológica. Além do reconhecimento pelo baixo preço e alta qualidade dos médicos e no tratamento de pacientes, o país é um dos pioneiros nessa prática: o doutor Jose Barraquer foi um dos pioneiros dessa prática na década de 1960.

Uma consulta médica.

Outro colombiano bastante ligado à medicina é Jorge Reynolds Pombo, que foi o inventor do primeiro marcapasso artificial que usa eletrodos internos em sua composição.

Jorge Reynolds e seu invento.Jorge Reynolds e seu invento.

Já Salomón Hakim foi o médico criador da "válvula de Hakim", um equipamento usado no tratamento de pacientes com hidrocefalia.

A Colômbia é uma das seleções mais interessantes de ver jogar no mundial e deve brigar até o fim para repetir ao menos as quartas-de-final alcançadas em 2014, quando foi eliminada pelo Brasil.

Japão

A gente precisaria de um artigo inteiro para falar das contribuições tecnológicas do Japão. O país é o lar de marcas como Sony e Nintendo, além de ser o berço de mídias como o VHS (criado nos laboratórios da JVC em 1971) e o CD (o primeiro de áudio foi obra de Heitaro Nakajima, da Sony). Hoje, ambos os formatos estão obsoletos, mas abriram espaço para o futuro no armazenamento de dados.

Uma fita e um CD.

Foi no Japão também que surgiram as primeiras calculadoras portáteis que eram usadas só com uma das mãos e cabiam até no bolso. Modelos iniciais dos anos 70 incluem a Sanyo ICC-0081 e a Sharp QT-8B.

Uma calculadora.O modelo da Sanyo.

E o país também é pioneiro no transporte público via trem-bala (ou Shinkansen). Os primeiros modelos, que foram lançados em 1964, já encurtaram a viagem entre Tóquio e Osaka pela metade do tempo.

Um trem-bala.

Os pesquisadores Isamu Akasaki, Hiroshi Amano e Shuji Nakamura foram os pioneiros em usam nitrido de gálio para produzir diodos que emitem luz (ou LED, na sigla que conhecemos hoje) na cor azul.

Com um elenco que mistura experiência e juventude, o Japão já é uma força asiática tradicional em Copas e busca as oitavas-de-final.

Polônia

Em 1853, o polonês Ignacy Lukasiewicz inventou uma forma de iluminação que revolucionou o mundo: a lâmpada de querosene. Após conseguir destilar a sibstância, ele também ajudou a popularizar os postes públicos que usavam o material na Europa.

Uma pintura.

Já o pesquisador Kazimierz Funk é um dos pioneiros na formulação do conceito de "aminos vitais" — as vitaminas. Em 1912, ele publicou um artigo sobre substâncias com efeitos variados contra doenças e conseguiu isolar o que em uma variante de arroz ajudava na prevenção do béri-béri (a vitamina B3).

Um cientista.

Na Copa do Mundo, a Polônia é cabeça-de-chave, mas o grupo equilibrado em que caiu pode significar uma passagem de volta para casa mais cedo do que o esperado.

Senegal

A capital do Senegal, Dakar, é um exemplo mundial de reciclagem de materiais. A cidade lançou recentemente um projeto ambicioso de sustentabilidade, que inclui a criação de "espaços verdes" no meio urbano, incluir o tema na educação infantil e até transformar materiais em bancos de praça.

Uma praça.

O Senegal também se aproveita de forma criativa das dificuldades naturais da região, como o clima ensolarado até demais. Uma das inovações que surgiram por lá foi um modelo de forno movido a energia solar. Ele fica na parte externa das casas e, exposto à luz natural, consegue cozinhar alimentos de forma ecológica e econômica, já que é acessível até para parcelas mais pobres do país. A invenção é do professor aposentado Abdoulaye Touré.

Vários fornos.

Na Copa do Mundo, a seleção tenta repetir a grande campanha do mundial de 2002 com um futebol rápido e envolvente, mas tem um grupo bem equilibrado pela frente.