Não, ele não está esperando você lá fora. (Fonte da imagem: New Line)

Uma delas já foi agora em janeiro, mas abril e julho também têm. As sextas-feiras 13 são consideradas malditas por pura superstição – e foram impulsionadas pela série de filmes de terror com Jason, o assassino com uma máscara de hóquei. Mas será que elas realmente trazem má sorte?

O número é considerado “ruim” até hoje (alguns prédios não contêm o 13° andar, por exemplo), mas nenhuma prova concreta é capaz de confirmar esse poder. O Life’s Little Mysteries compilou alguns estudos sobre  a data – e eles podem surpreender ou convencer até a mais supersticiosa das pessoas.

Melhor ficar em casa

Em 1993, o British Medical Journal comparou o número de acidentes registrados na Inglaterra durante uma sexta-feira 13 com os da semana anterior, a inocente sexta-feira 6. O resultado? Apesar de um tráfego menor, as ocorrências de trânsito aumentaram em 52%. Como o estudo saiu em uma edição de Natal da publicação, algumas pessoas acreditam que se trate apenas de uma brincadeira.

Azar feminino

Um estudo posterior foi além: contabilizando estatísticas policiais e de acidentes domésticos ou de trânsito, pesquisadores chegaram à conclusão de que as mulheres eram mais suscetíveis a se machucar durante a sexta-feira 13. Logo depois, um artigo tentou desmentir a pesquisa.

(Fonte da imagem: HowStuffWorks)

Sorte grande

Em 2005, o jornal britânico The Thelegraph analisou o sorteio de uma loteria no Reino Unido e descobriu que as estatísticas estão do lado do dito popular: a bola 13 é que a menos sai nos concursos desde 1994 – o que pode ser apenas pura coincidência. Ou não.

A opinião da psicologia

Para o psicólogo Igor Radun, do Institute of Behavioural Science, na Finlândia, não existe qualquer relação entre a data e a má sorte. “Não existe nem vai existir um dado que confirme que o 13 traz má sorte”, disse. Em quem você acredita?

Cupons de desconto TecMundo: